Publicidade
Centro de Inovação dos Emirados Árabes lança programa de aceleração e foca em Startups do Brasil
30 de Junho de 2022

Centro de Inovação dos Emirados Árabes lança programa de aceleração e foca em Startups do Brasil

Inscrições estão abertas até o mês de agosto

Publicidade
Twitter Whatsapp Facebook

Um dos mais bem-sucedidos programas globais de aceleração está de portas abertas para startups brasileiras.

Com inscrições abertas até 16/8, a terceira edição do Sharjah Advanced Industry Accelerator (SAIA) busca projetos inovadores que estejam necessitando de mentoria e recursos para atingir seu pleno potencial. E com o diferencial de ajudar a inserir estes projetos na rica economia do Oriente Médio, cuja economia busca por novos eixos de crescimento econômico e social.

Publicidade

Principal iniciativa do gênero no Oriente Médio e Norte da África, o SAIA está em sua terceira edição e conta com o endosso de big techs como Amazon, Google e Intel. Em busca de um aumento da presença de participantes brasileiros, o CEO do SRTIP, Hussain Al Mahmoudi, estará em São Paulo na primeira semana de julho. “Acreditamos que um dos pilares da inovação é a diversidade de culturas e pontos de vista”, afirma Mahmoudi. “Desta forma, um de nossos objetivos é ampliar a presença de projetos do Brasil, um dos polos estratégicos de geração de startups na América Latina e no Mundo”.

Soluções Digitais a Economia Sustentável

Essa terceira edição do SAIA visa identificar cerca de 20 projetos para aceleração em áreas que vão de Soluções Digitais a Economia Sustentável (veja a lista completa no site. Estes finalistas terão a oportunidade de trabalhar com experts locais, além de mentoria de líderes de mercado local, para o desenvolvimento do piloto e suporte para acesso ao mercado. Ao final do programa, a melhor iniciativa receberá um prêmio de U$ 50 mil.

Além da categoria standard, com inscrições gratuitas, em que as startups concorrem a uma das cerca de 20 vagas disponíveis, o SAIA conta ainda com a categoria Priority, com inscrição no valor de U$ 75 mil, mas participação garantida no programa e a oportunidade de concorrer a um prêmio de U$ 100 mil para o melhor projeto. Os participantes da categoria Priority contam ainda com outros benefícios como espaço de escritório, acesso a fábricas e equipamentos, e encontros individuais periódicos com entidades governamentais e corporativas.

Publicidade
Publicidade