Publicidade
Catarinenses conquistam prêmio internacional de tecnologia da Microsoft
02 de Maio de 2016

Catarinenses conquistam prêmio internacional de tecnologia da Microsoft

Publicidade
Twitter Whatsapp Facebook

Campeões brasileiros da Imagine Cup, os alunos da UniSociesc de Joinville retornam a Santa Catarina com muitos planos para o WITBox, o protótipo que funciona como uma verdadeira “caixa-preta veicular”, colaborando para o esclarecimento de roubos de carros e acidentes automobilísticos. O projeto é vencedor da competição mundial de estudantes, organizada pela Microsoft, na categoria Inovação, sendo as outras duas Games e Cidadania.

O WITBox surgiu a partir da reunião dos alunos Lucas Casagrande (22), Alexandre Viebrantz (26) e Eduardo Garcia (18), que, além da paixão pela tecnologia, têm em comum o objetivo de extrapolar suas possibilidades, colaborar com a sociedade e, com base nos conhecimentos adquiridos durante os cursos de Engenharia da Computação e Sistemas da informação, propor soluções simples para questões do dia-a-dia.

Publicidade

“Conquistar o prêmio marca o início de uma nova história, pois não tínhamos o intuito só de ganhar, mas sim também de firmar contatos para a criação da startup, e aprendemos muito em termos de empreendedorismo, agora é aprimorar ainda mais o projeto para a etapa mundial”, conta o aluno Alexandre, um dos idealizadores do WITBox.

Agora, com foco na etapa mundial, o projeto passará por uma avaliação da Microsoft, nos Estados Unidos, durante um mês. O WITBox está entre os 190 representantes mundiais, podendo ficar entre os três finalistas e ser o grande campeão, no evento em agosto, na cidade americana de Seattle.

WITBox

O WITBox funciona de modo similar aos dispositivos instalados em aeronaves, registrando áudio e os dados do carro durante o seu uso, como velocidade, posição do volante e outros dados de telemetria, que podem ajudar na solução de investigações sobre acidentes. Também conta com sistema de rastreamento, bastante útil em casos de roubo e monitoramento de frota, por exemplo. Além disso, os dados anônimos podem ajudar a indústria automotiva a identificar falhas em seus veículos, tornando-os mais seguros. Os principais diferenciais do projeto, quando comparados com soluções similares, são uma coleta maior de dados o que permite mais assertividade em caso de acidentes, além da segurança e facilidade de uso, pois nenhum conhecimento técnico é necessário.
 

Publicidade
Publicidade