Publicidade
VOCÊ x MARCA – BRAND ME
19 de Setembro de 2011

VOCÊ x MARCA – BRAND ME

Publicidade
Twitter Whatsapp Facebook
Por Patrícia Dalpra 19 de Setembro de 2011 | Atualizado 03 de Dezembro de 2021

 

Publicidade

Pelo titulo, muitos devem ter associado ao desejo pelas marcas de consumo, serviços personalizados ou customizados.  Na verdade, os consumidores estão sim cada vez mais exigentes e buscam nas marcas uma experiência única.  O que proponho aqui é um olha para sua imagem como Brand You ou Sua Marca.

Personal Branding ou Marca Pessoal não e uma opção – cada pessoa possui uma marca seja ela positiva ou não, de credibilidade ou não. Hoje, na Era do Indivíduo e seu do estilo de vida, ou melhor ainda, ocasiões de vida, cada pessoas precisa pensar, cuidar e trabalhar sua própria marca, sempre alinhada aos seus valores, princípios e essência.

Segundo a definição de Montoya em seu livro Branding Phenomenon, "identidade pessoal é aquilo que estimula uma resposta significativa emocional em uma outra pessoa  ou público sobre as qualidades ou valores pelo qual uma pessoa é percebida”.

Independente da idade,  da posição social ou  do tipo de negócio, todos nós precisamos  compreender a importância da nossa imagem. Somos o CEOs de nossas empresa chamada Minha Marca S.A.  Devemos construí-la de forma consciente e planejada.

O filme “Amor por Contrato”mostra idéia da construção da imagem como marca e sua influência sobre a rede de relacionamento ou meio ao qual está inserido.

 

 

Sua marca  deve ser interessante e desejável para outros indivíduos. Aos seus pares,  aos amigos dos seus amigos.  É uma campanha de branding pessoal inteiro tentando impressionar a todos, exceto, talvez, … grandes corporações. Na verdade, nos dias atuais, são as corporações que estão ansiosas por indivíduos com este perfil.  Pessoas estas que se tornaram embaixadores de suas marcas.

O fortalecimento cada vez maior da rede e das novas tecnologias, permite uma exploração  espontânea da individualidade criativa. As pessoas estão aprendendo a preencher seu conteúdo biográfico e seu talento pessoal na rede e, dentro deste processo, transferir seu estilo para a vida real, seja ela social ou profissional.

Através deste processo, as empresas estão cada vez mais voltadas para um olhar conceitual e comportamental contrariando o mainstream.  Desta forma, o consumidor, torna-se uma potente fonte estímulos, experiências e de valores emergentes.

Marcas e indivíduos estão gerindo suas imagens em múltiplos universos, com mensagens diferentes que se espalham para as diferentes partes interessadas. É uma busca sem fim para a geração de uma consciência pessoal, em que a atualização do status é um fator bastante relevante. As redes sociais marcaram uma mudança significativa. Longe de acumular bens materiais, e em vez de optar por aumento do consumo de bens virtuais por meio de canais virtuais,  as pessoas passam mais tempo cuidando das  suas páginas  no LinkedIn, Facebook, Twitter,  Youtube, entre outras.

A Nike, consegue demonstrar através do vídeo abaixo este movimento.  O comportamento e  a valorização do desejo do indivíduo como  Sua Marca S.A.

 

Várias grifes brasileiras voltadas para o público jovem, começam a seguir a tendência de produzir curta e vídeos para apresentar coleções e lançar produtos. Estes vídeos sempre estão relacionados os hábitos de comportamento do seu consumidor, os quais  são monitorados das mais diversas formas. Entre elas as redes sociais, onde a imagem central será sempre voltada para as ocasiões de vida do seu consumidor.

Seguem alguns vídeos que souberam alinhar muito bem seus vídeo-catálogos, onde a marca parte da imagem do consumidor.

 

 

E você, como está cuidando bem da sua Marca?

site: www.patriciadalpra.com.br

Facebook: http://www.facebook.com/pages/PD-Gest%C3%A3o-de-Imagem-e-Carreira/111203545627359

Twitter: @patriciadalpra

Publicidade
Publicidade