Publicidade
Veleiros da Ilha é o clube com o maior número de profissionais na comissão de regatas dos Jogos Olímpicos
03 de Agosto de 2016

Veleiros da Ilha é o clube com o maior número de profissionais na comissão de regatas dos Jogos Olímpicos

Publicidade

Acostumado a formar alguns dos melhores velejadores do país, o Iate Clube de Santa Catarina-Veleiros da Ilha tem se destacado muito em outra área da vela: a formação de profissionais que atuam na parte técnica das competições. Comandados por Ricardo Navarro, que será responsável por todo gerenciamento e execução da modalidade no Rio de Janeiro, dezesseis membros das comissões de regatas do ICSC atuarão nas sete raias dos Jogos Olímpicos em agosto.

“De longe o Iate Clube de Santa Catarina é a instituição com o maior número de profissionais trabalhando nas Olimpíadas. Hoje, depois de um trabalho de capacitação realizado nos últimos anos, podemos afirmar que a comissão do ICSC é a melhor da América do Sul”, comentou Ricardo Navarro.

Publicidade

Após participar de duas Olimpíadas, Ricardo Navarro recebeu a missão de gerir uma equipe de 360 profissionais que atuariam na parte técnica da competição de vela dos Jogos Olímpicos.

“Quando fui escolhido para ser o Field of Play Management (nome dado ao responsável pela área de campo das modalidades) começamos a definir o grupo que atuaria nos jogos. As principais características que buscávamos nas pessoas era comprometimento com a causa e vontade de aprender. Após esse ciclo posso dizer que o resultado foi acima das expectativas. O nível de comprometimento de todos foi surpreendente”, comentou.

Porém, não foi somente a proximidade do juiz com os catarinenses que definiu a nomeação de tantos profissionais do Iate Clube de Santa Catarina-Veleiros da Ilha para as Olimpíadas. A realização de eventos nacionais e internacionais em Florianópolis e Santa Catarina e a grande atuação dos membros da comissão de regatas do clube foram os pontos chaves para a convocação.

“O esforço do Iate Clube de Santa Catarina em realizar campeonatos nacionais e internacionais, além das regatas internas com alto nível técnico foram fundamentais para as escolhas. Além disso, quase todos os profissionais do clube têm experiência em eventos como a Volvo Ocean Race ou os Eventos-Testes, que simulam muito bem as regatas olímpicas. Todos estão na equipe por merecimento e por capacidade técnica”, avaliou Navarro.

Além de Ricardo Navarro, representarão o ICSC nos Jogos Olímpicos: Samuel Linhares, Larissa Juk, Liana Fragoso, Luciano Gubert, Ricardo Fonseca, Flavio Jose Neto, Alex Veeren, Marcos Vinicius Veiga, Felipe Linhares, Ricardo Fragoso, Alexandre Neves, João Rebello, Marcelo Reitz e Roberto Salles, todos nas comissões de regatas. Além disso, o gerente de eventos náuticos, Lucas Reis, atuará na sala de controles, e Marcia de Lara Costa estará na Coordenação Geral.

“A ida desses profissionais será de imensa valia para o ICSC. Será a oportunidade de participar do maior evento esportivo do mundo. Outro ponto importante foi a formação de pessoas qualificadas. Antigamente éramos em dois ou três e hoje temos um grupo de 20, 25 pessoas. O Clube fica ainda mais reconhecido pela excelência na realização de eventos contando com tantos profissionais capacitados”, encerrou Ricardo Navarro.

Curiosidades:
Além dos 360 profissionais, o cargo de Field of Play Management ocupado por Ricardo Navarro traz a responsabilidade de coordenar 110 embarcações, 600 rádios, 7 áreas de competição, 180 boias, 6 equipes de Comissão de Regatas, 80km de cabos, 1,5 toneladas de âncoras e pesos e 300 bandeiras durante as competições que reunirão mais de 400 atletas. 

Publicidade
WhatsApp
Junte-se a nós no WhatsApp para ficar por dentro das últimas novidades! Entre no grupo

Ao entrar neste grupo do WhatsApp, você concorda com os termos e política de privacidade aplicáveis.

    Newsletter