Publicidade
SBT nega retaliação a Gugu Liberato
06 de Julho de 2009

SBT nega retaliação a Gugu Liberato

Publicidade
Twitter Whatsapp Facebook

06 JUL –

Comunicado diz que mudança no horário de exibição foi motivada exclusivamente por critérios de planejamento e estratégia de programação.

Publicidade

Na semana passada a maioria da imprensa especializada enxergou na alteração no horário de exibiçào do Progama Domingo Legal, como uma ação do SBT para diminuir a visibibilidade de Gugu Lberato que asinou contrato com a Record, para onde vai em 2010. Leia aqui

Comunicado do SBT
“Gerou polêmica e especulação na mídia a mudança de horário do programa DOMINGO LEGAL, apresentado por Gugu Liberato, que desde 28 de junho último passou a ir ao ar ao meio-dia. Sem fundamento, insinuou-se, inclusive, que a antecipação do horário do programa seria uma retaliação ao apresentador por ter assinado contrato com uma emissora concorrente nove meses antes do final do compromisso firmado com o SBT. A direção do SBT esclarece que a alteração foi motivada exclusivamente por critérios de planejamento e estratégia de programação.

Esclarece também o SBT que o contrato com o apresentador prevê flexibilidade no horário da atração. O programa DOMINGO LEGAL deve ter duração de quatro horas e pode ir ao ar entre o meio-dia e a meia-noite dos domingos. Cabe ainda ao SBT o direito de escolha de conteúdo e roteiro comercial do programa, bem como a seleção de profissionais que dirigem e produzem o DOMINGO LEGAL. Assessores pessoais do apresentador, sem vínculo com o SBT, só terão acesso às dependências da emissora mediante autorização da Direção Geral. Usando desta prerrogativa, o SBT afastou um dos assessores, Homero Salles, que, aproveitando-se do ???trânsito livre??? pelos corredores do SBT, agia em prejuizo à empresa, ao aliciar profissionais para concorrentes.”

Publicidade
Publicidade