Publicidade
O espetáculo da Mamãe Rihanna no Super Bowl
13 de Fevereiro de 2023

O espetáculo da Mamãe Rihanna no Super Bowl

A artista tomou o palco no intervalo da final da Liga Nacional de Futebol (NFL) entre Kansas City Chiefs e Philadelphia Eagles e chamou a atenção de todos

Publicidade
Twitter Whatsapp Facebook

A 57ª edição do Super Bowl que aconteceu neste domingo, 12/2, no Arizona (EUA) contou com o retorno da famosa cantora Rihanna aos palcos, em ação da Apple Music.

Com sua última apresentação musical pública ocorrendo em 2018, no Grammy, e tendo seu último álbum nomeado “Anti” sido lançado em 2016, a artista tomou o palco no intervalo da final da Liga Nacional de Futebol (NFL), entre Kansas City Chiefs e Philadelphia Eagles, chamando a atenção de todos ao aparecer em período de sua 2ª gestação.

Publicidade

A performance também demonstrou grande representatividade de empoderamento feminino, além de contar somente com dançarinos negros, que participaram, também, da criação da coreografia.

Nesta última semana um pequeno teaser de introdução à artista foi publicado pela Apple Music, retratando sobre a origem de uma pequena garota na ilha de Barbados, com uma infância pobre e família humilde. A cantora saiu de seu país aos 16 anos de idade em direção aos Estados Unidos para realizar seu sonho.

Confira a apresentação completa no YouTube.

 

 

Rihanna, em uma entrevista a alguns repórteres em Phoenix, relata ter aceitado a proposta de apresentação por conta de seu primeiro filho com o rapper A$AP Rocky nascido no ano passado. “Por mais assustador que tenha sido, porque eu não subo ao palco em sete anos, há algo estimulante no desafio como um todo. E é importante para mim fazer isso, este ano. É importante pela representatividade, é importante para o meu filho”. A cantora havia recusado a proposta de se apresentar no campeonato em 2019 como apoio ao ex-zagueiro Colin Kaepernick, expulso da NFL após ato de protesto antirracista. Na penúltima edição do jogo o rapper Eminem também se ajoelhou em forma de protesto, em referência ao ex-zagueiro.

Na NFL, em torno de 13 minutos, a artista cantou 14 músicas, incluindo os hits We Found Love, Umbrella e Diamonds. Além disso, o remix de um DJ brasileiro foi utilizado.

Em 2022, a 56° edição do Super Bowl contou com a apresentação de Snoop Dogg, Dr. Dre, Eminem, Mary J. Blige, Kendrick Lamar e 50 Cent no intervalo do jogo, movimentando o público com alta qualidade.

Nas edições finais os artistas altamente reconhecidos não são pagos pelas suas apresentações, porém, diversos outros benefícios vêm no pacote e aumentam o número de ouvintes, resultando em maiores vendas de álbuns e músicas.

Publicidade
Publicidade