Publicidade
Mostra de Curtas Mercosul do FAM seleciona 25 produções
26 de Maio de 2011

Mostra de Curtas Mercosul do FAM seleciona 25 produções

Publicidade
Twitter Whatsapp Facebook

 

O FAM 2011 – 15º Florianópolis Audiovisual Mercosul ganha cada dia mais definição, agora com a divulgação dos selecionados para a Mostra de Curtas Mercosul, janela para exibir produções de até 30 minutos em 35mm ou digital brasileiros e de países latino-americanos. Foram escolhidos 25 filmes, sendo oito estrangeiros. Dois catarinenses, “A Mulher Azul”( “La Femme Blue”), como convidado, e  "Astheros"  integram a lista da Mostra e fazem suas estreias nas telas do próprio festival de cinema, com palco no Centro de Cultura e Eventos da UFSC (Universidade Federal de Santa Catarina) entre os dias 24 de junho e 1º de julho. 
 
A cineasta Maria Emília de Azevedo faz a avant-première de “A Mulher Azul”( “La Femme Blue”). A narrativa começa quando M. se isola em uma casa à beira da água, deixando para trás a cidade grande com seus movimentos e sobressaltos, tentando parar o tempo de sua própria narrativa. Isolada, ela espera se aproximar das respostas que tanto procura. Não demora muito para que perceba que esta porção de tempo retirada do fluxo das horas apresenta suas próprias pulsões e movimentos internos. Por trás do lirismo de “Mulher Azul” repousa a intenção de abordar a poética do tempo. 
 
Rodado em novembro de 2008 em uma cidade cenográfica construída em Ratones, no Norte da Ilha de Santa Catarina, em Florianópolis, "Astheros" é o segundo trabalho do cineasta Ronaldo dos Anjos com enfoque no tema da condição humana. Com 18 minutos de duração, o filme narra a vida de um monge errante, que é o administrador e a estrela principal de um circo. "Astheros" tem como base o conto “O Monge Astheros”, de Péricles Prade, e contém diálogos do livro inédito “As Horas”, de Onor Filomeno. 
 
 
 
Selecionados Mostra de Curtas Mercosul   
A Casa das Horas, de Heraldo Cavalcanti – Fortaleza – Ficção – 18'56 
A Noite Por Testemunha, de Bruno Torres – Brasília – Ficção – 25' 
Arbol, de Lucas Adrian Schiaroli – Cordoba/Argentina – Ficção – 10' 
Astheros, de Ronaldo dos Anjos – Florianópolis – Ficção – 18'40"
Bernnô, de Pedro Gorski – São Paulo – Documentário – 21'30" 
Calle Última, de Marcelo Martinessi – Asunción/Paraguai – Ficção – 20' 
Circuito Interno, de Julio Martí – São Paulo – Ficção – 13' 
Dona Coroquinha, de Diogo Nii Cavalcanti – São Paulo – Animação – 3'26" 
Fábula das Três Avós, de Daniel Turini – São Paulo – Ficção – 17' 
Janela Molhada, de Marcos Enrique Lopes – Recife – Documentário – 22'45" 
Jardim Beleléu, de ari candido fernandes – São paulo – Ficção – 15' 
KinOpoÉTicaS – Katari Kamina, de Pedro Dantas – El Alto/Bolívia – Documentário – 14'20" 
Mulher Azul (convidado), de Maria Emília de Azevedo – Florianópolis – Ficção – 20' 
Muraña, de Sebastian Palacio – Buenos Aires/Argentina – Ficção – 19' 
O capitão chamava Carlos, de Andradina Azevedo e Dida Andrade – São Paulo – Ficção – 18'30" 
O plantador de quiabos, de Coletivo Santa Madeira – São Paulo – Ficção – 15' 
Profana via sacra, de Alisson Sbrana – Brasília – Documentário – 25' 
Propriedades de uma Poltrona, de Rodrigo John – Porto Alegre – Animação – 8'34" 
Regreso, de Jano Burmester – Lima/Peru – Ficção – 18'13" 
Rosa, de Monica Lairana – Buenos Aires/Argentina – Ficção – 10'35" 
Tchau e Benção, de Daniel Bandeira – Recife – Ficção – 10' 
Tempestade, de Cesar Cabral – Santo André – Animação – 10' 
TIitanes, de Edison Cájas – Santiago/Chile – Ficção – 23'30" 
Tuya, de Ivan Mazza – Montevideo/Uruguai, Caracas/Venezuela – Ficção – 29' 
Zé[s], de Piu Gomes – Rio de Janeiro, Brasília – Documentário – 15' 

Publicidade
Publicidade
Publicidade