Qualé Digital transmite evento ao vivo às 09h00 para a Portobello

21 de Março de 2011

 Qualé Digital transmite evento ao vivo para a PortobelloEntrevistamos via skype, de São Paulo, o publicitário

 

Qualé Digital transmite evento ao vivo para a Portobello

Entrevistamos via skype, de São Paulo, o publicitário Carlo Manfroi, diretor da Qualé Digital, e trouxemos novidades da feira Revestir e dos trabalhos digitais para seu cliente Portobello.

AcontecendoAqui - Por que transmitir o desfile dos lançamentos da Portobello via twitcam?

Carlo Manfroi - Com o Blog Portobello consolidado, o qual criamos e produzimos conteúdo diariamente, tornando-se referência no mercado tanto na produção de conteúdo quanto em audiência, os vôos da parceria Qualé Digital – Portobello ampliam-se. Este ano a inovação veio junto com a Revestir 2011 porque todos os anos a Portobello se supera no lançamento de novos produtos, nessa que é a maior feira de revestimentos cerâmicos da América Latina. Em 2010, já havíamos feito a comunicação digital do evento com vídeos, podcasts e redes sociais. Este ano ampliamos a equipe e lançamos o evento ao vivo, transmitido por nossa twitcam para o mundo.

Para acompanhar ao vivo nesta segunda, 21/03, clique aqui

AcontecendoAqui - Em 2010 a Qualé Digital também fez a transmissão da Campus Party, de São Paulo para Santa Catarina. Inclusive o Acontecendo Aqui participou dessa transmissão. Mostrar ao vivo é uma tendência?

Carlo Manfroi – Eu diria que sim, que o mundo está ficando mais Big Brother, e que isso pode ser um problema e também uma oportunidade. Vou tentar explicar melhor. Problema porque aparece qualquer coisa ruim para você assistir a toda hora. Oportunidade porque cabe aos profissionais de comunicação disponibilizar conteúdos pertinentes aos clientes e suas marcas.

AcontecendoAqui - Mas como partir para essa produção de conteúdo e tornar-se uma empresa “publicadora”?

Carlo Manfroi – Não se começa a falar fazendo discurso. Começamos a balbuciar, depois juntamos algumas letras mais e aí sim construímos as primeiras palavras. Com as empresas também é assim. As que estão publicando muito hoje começaram a se organizar décadas atrás ou já nasceram com isso em seu DNA. Toda empresa tem conteúdo, mas muitas não organizam seu material nem suas prioridades, não olham para o conteúdo como ferramenta estratégica, desvalorizam o material que já têm e não se preparam para produzir novos com qualidade. No caso da Portobello, o conteúdo e o trabalho conceitual está no DNA da empresa, assim como a inovação.

AcontecendoAqui - O que você considera um conteúdo pertinente?

Carlo Manfroi – É aquele que tem relação com a marca em sua essência, que respeita os valores da empresa e de seus consumidores, que usa termos que estão em seu universo e comunica isso de forma clara.

AcontecendoAqui - Pirotecnia de recursos e ferramentas não significa boa comunicação...

Carlo Manfroi – Depende de cada caso. Até pode significar. Neste desfile da Portobello, por exemplo, tínhamos artistas de circo, modelos, bailarinas, teatro, vídeo, áudio, produtos. Enfim, uma gama de recursos, mas todos sob um único foco, que era de passar da maneira mais sensorial possível os valores da marca Portobello.

AcontecendoAqui - Para terminar, como é o dia a dia do relacionamento de uma empresa digital com o cliente? É tudo online?

Carlo Manfroi – De maneira alguma. Tem horas que só uma reunião frente a frente consegue esclarecer e aprofundar questões mais nebulosas. Costumamos estudar muito nossos clientes e o mercado. Estamos sempre aprendendo com eles, e vice-versa. Só assim é possível superar momentos difíceis e obter êxito. O sucesso vem do trabalho em equipe.