Publicidade
Natura incentiva movimento contra o etarismo
31 de Maio de 2022

Natura incentiva movimento contra o etarismo

Criação da Africa questiona preconceito disfarçado de elogio

Publicidade
Twitter Whatsapp Facebook

Questionando o etarismo – o preconceito e a discriminação com base na idade das pessoas – que a Natura Chronos apoia e fortalece o movimento #MinhaIdadeNaoMeDefine, em campanha assinada pela agência Africa.

A ação está acontecendo nas redes sociais da marca, onde convoca mulheres para que refaçam o pacto com a sua beleza ao lado de artistas como a atriz Andréa Beltrão e demais personalidades como Silvia Ruiz, Quarentamos, Marina Dias, Wladia Goes e Patricia Pontalti.

Publicidade

Também conhecido como idadismo ou ageísmo, o tipo de intolerância é identificado, por vezes, de forma sutil, principalmente entre as mulheres. Na prática, acontece quando pessoas são excluídas de vagas de emprego, descredibilizadas por suas falas ou quando são classificadas como inapropriadas ao procurarem por feitos novos, como faculdade, carreira ou relacionamento, com base em sua idade.

O etarismo acontece nos detalhes – também nos supostos “elogios”. O “nem parece” ao responder a idade é, na verdade, uma forma de preconceito. “O etarismo disfarçado de elogio ainda tem passado batido nas nossas conversas do cotidiano e é importante pararmos para pensar nisso. Por que temos o hábito de colocar o “MAS” nessas frases? No fundo, estamos dizendo que, só por ter determinada idade, a pessoa deveria estar péssima”, reforça a diretora de criação da Africa, Milena Zindeluk.

Publicidade
Publicidade