Publicidade
Como lidar com conflito de canais de venda?
28 de Julho de 2022

Como lidar com conflito de canais de venda?

O e-commerce precisou revisar os processos de vendas, investindo no Omnichannel

Publicidade
Twitter Whatsapp Facebook

Com a transformação digital as empresas precisam marcar presença em diferentes canais. Mas essa presença pode gerar um conflito de canais de venda. Veja como lidar com o problema e oferecer as melhores soluções de compra.

Entre os desafios do empreendedor está a definição e implantação de estratégias para aumentar as suas vendas. As empresas já perceberam há um tempo que os clientes já possuem um comportamento multicanal e usufruem da tecnologia em busca de informações instantâneas.

Publicidade

Assim sendo, o e-commerce precisou revisar os processos de vendas, investindo no Omnichannel. Com isso, adotaram estratégias que visam conduzir o melhor relacionamento com seu público, melhorando assim, a experiência do usuário.

Mas, se mal escolhidos, os canais de venda podem resultar em problemas para a empresa. Veja como lidar com conflito de canais de venda!

Estratégias para gerenciar conflitos de canais de vendas

Com a finalidade de ampliar o acesso ao mercado e estabelecer um relacionamento focado no cliente, as empresas precisam estar em diferentes canais. Mas, para que as estratégias resultem em lucros, é preciso saber gerenciar os conflitos de canais de venda. Saiba como!

1. Atente-se aos conflitos de preços

Não é incomum acessar determinada página e visitar outra da mesma empresa e se deparar com preços diferentes de um mesmo produto. Daí a importância de ajustar os valores em todos os canais de venda.

Hoje é possível investir em tecnologias que automatizam as operações, de forma a evitar conflitos de preços entre canais. Afinal, esse tipo de situação pode fazer com que o cliente não confie no seu negócio e você perca a venda.

2. Foque em facilidades para os clientes

Considerando os consumidores que preferem comprar na loja física, você pode criar estratégias que atraiam mais os clientes para comprar no seu e-commerce e aumentar as vendas. Para isso, além de oferecer um site intuitivo e seguro, ofereça também possibilidades que unam as duas opções.

Entre as facilidades, vender cartão presente é uma excelente opção se você oferecer a possibilidade de retirar na loja física. Vale também oferecer uma opção em que o cliente compra o cartão presente na loja física e quem o recebe pode optar por comprar ou trocar por produtos na loja on-line.

Assim, não importa se o produto foi adquirido na loja virtual ou física, ele tem a vantagem de escolher o presente ou a troca em qualquer meio. Além disso, outra facilidade é disponibilizar diferentes meios de pagamento em ambas as lojas.

Ou seja, se no e-commerce o cliente pode optar por pagar com boleto bancário, cartão de crédito, PIX e outros meios, as mesmas opções devem estar presente nas lojas físicas. Vale muito a pena divulgar essas opções em todas as suas campanhas, seja nas redes sociais, blogs e outros canais.

Lembre-se de que o cliente de hoje não busca apenas bons produtos, já que muitos podem ser encontrados em diferentes lojas. E sim, o consumidor quer unir qualidade à praticidade, bem como preza muito pela segurança e bom atendimento.

3. Invista em bons softwares

Ao investir nas ferramentas certas, os conflitos entre canais de venda serão reduzidos. Existem muitos softwares que monitoram campanhas, automatizam preços e medem o desempenho das páginas.

Além disso, o mercado disponibiliza ferramentas para facilitar a interação entre os canais, de forma dinâmica. O importante é investir nos softwares que vão agregar à sua empresa, reduzindo assim, conflito de canais de venda.

4. Analise os canais de venda

Se a sua empresa está presente em loja física e virtual, analise o desempenho das campanhas físicas e digitais. Ainda nos dias atuais, muitos clientes navegam na loja on-line, mas optam por comprar na loja física.

Embora isso mostre que os clientes encontraram o seu e-commerce e optaram por comprar na loja física, apontando a importância da integração entre os canais, é preciso também entender o motivo pelo qual não compraram pelo site.

Com isso, é importante repensar a segurança do site, focar em políticas de troca e devolução, chat e outros pontos que façam o cliente se sentir mais seguro e confiante para realizar compras on-line.

Além disso, é importante também fugir da rivalidade entre os canais on-line e físicos, em que promoções e outras vantagens são oferecidas em um só meio. Afinal, a marca é única e devem seguir juntas rumo a conquista e retenção de clientes.

5. Faça a mensuração de resultados

Você pode contar com diversas ferramentas de mensuração de resultados, como o Google Analytics, por exemplo. Porém, se atente aos pontos mais importantes, como número de conversões e o retorno sobre o investimento.

Assim é possível identificar se você deve investir mais em determinados canais, ajustá-los ou mesmo desativá-los. Lembre-se de focar em investimentos que tragam mais lucros para a sua empresa.

Siga as dicas acima e evite divergências entre as estratégias mercadológicas. Entenda que é importante manter as diferentes formas de comercialização, mas que não devem ocorrer problemas de comunicação e assim, gerar conflitos entre os canais de vendas.

Publicidade
Publicidade