Publicidade
ADVB-SC entrega Prêmio ?Personalidade de Vendas?
26 de Maio de 2008

ADVB-SC entrega Prêmio ?Personalidade de Vendas?

Publicidade

26/05/08

Fundador da Cedrense recebe homenagem na FIESC nesta terça-feira

Publicidade

O empresário Acari Luiz Menestrina, fundador e presidente da Cedrense, recebe na próxima terça-feira, 27/05, o título de ???Personalidade de Vendas ADVB SC 2008???. A cerimônia será realizada às 19h30, no Centro de Convenções da FIESC, em Florianópolis. Esta é a 15ª edição do Prêmio e, pela primeira vez, um empresário da região oeste e do segmento de agroindústria recebe a indicação. A escolha do Personalidade de Vendas é feita através dos votos de lideranças empresariais, políticas e de representantes do mercado de comunicação, além de dirigentes, conselheiros e associados da ADVB SC.

Personalidades de Vendas
Com o título, Menestrina se juntará ao seleto grupo de empresários que já receberam o Prêmio, como: Antônio Koerich, Sônia Regina Hess de Souza, Manoel Zaroni Torres, Hans Dieter Didjurgeit, Roberto Barreiros, Amauri Olsen, Jorge de Freitas, Leonardo Fausto Zipf, Vicente Donini, Fernando Marcondes de Mattos, Wander Wéege, João Batista Murad, Ninfo König, Osvaldo Douat e Décio da Silva.

Debate
Antes da cerimônia da entrega do Prêmio, todos os vencedores do ???Personalidade de Vendas??? participam de uma mesa-redonda que terá o tema: Crescimento X Infra-estrutura. A 6ª Reunião dos Personalidades de Vendas também será realizada na FIESC, a partir das 17h30. A maioria dos premiados já confirmou presença. A mediação do debate ficará a cargo do jornalista Moacir Pereira.

Acari Menestrina é presidente da CBL
Companhia Brasileira de Lácteos e da Gran Padania do Brasil, diretor em Santa Catarina da ABIQ (Associação Brasileira das Indústrias de Queijo) e vice-presidente do Sindileite (Sindicato das Indústrias de Leite). Filho de agricultores, nascido na cidade de Rio dos Cedros, no Médio Vale do Itajaí, Menestrina chegou ao Oeste do Estado em 1976, logo após concluir os estudos no colégio agrícola de Camboriú. Técnico da antiga Acaresc, atual Epagri, por meio da extensão rural, foi pioneiro em projetos no setor rural.


Pioneirismo

Entre as inovações da época destacam-se as primeiras lavouras irrigadas de milho, o primeiro biodigestor, a primeira silagem, a primeira pocilga em alvenaria e a chegada da primeira vaca holandesa que passou a consumir os experimentos desenvolvidos em torno da pastagem de inverno. Foi reconhecido pelo governo do estado como pioneiro na criação e no desenvolvimento da bacia leiteira do Extremo-oeste catarinense.

Fundou em 1990, a Cedrense que iniciou suas atividades com cerca de mil litros, produzindo artesanalmente queijo mussarela e manteiga. Em pouco tempo, com investimentos em tecnologia européia e no aumento da produção, a Cedrense pôde expandir e diversificar sua linha de produtos, os mil litros se tornaram milhões e o mix de produtos da Cedrense ultrapassa os 70 itens, entre eles estão queijos mussarela, prato, provolone, manteigas, cremes de leite, requeijões, leites, achocolatados e queijos especiais, frescais e lights.

Livro
A trajetória do empresário rendeu um livro que será lançado na cerimônia de entrega do Prêmio. ???Cabeça do empreededor???, de autoria de Anacleto ??ngelo Ortigara, que registra o sucesso do agricultor que acabou se tornando um dos maiores especialistas em produção de leite e de seus derivados no país. As ilustrações do livro são de autoria de Lígia Fascioni.

Publicidade
Publicidade