Publicidade
Ambev, BEES e Food To Save atingem R$ 3 milhões em venda de produtos que seriam descartados
06 de Novembro de 2023

Ambev, BEES e Food To Save atingem R$ 3 milhões em venda de produtos que seriam descartados

Juntas, as empresas já evitaram o desperdício de quase 270 toneladas de alimentos

Publicidade
Twitter Whatsapp Facebook

O BEES – plataforma B2B da Ambev -, se juntou à startup Food To Save para evitar o desperdício de comida na luta contra a fome e ainda gerar renda extra aos mais de 1 milhão de pequenos empreendedores donos de bares e restaurantes de seu ecossistema.

Juntas, as empresas já evitaram o desperdício de quase 270 toneladas de alimentos e atingiram a marca de R$ 3 milhões em venda das chamadas ‘sacolas surpresas’ – formadas por um mix de produtos próximos da validade, mas que estão próprios para o consumo.

Publicidade

Ao participar do projeto, pontos de venda parceiros do BEES (bares, restaurantes e padarias), conseguem se cadastrar gratuitamente na plataforma Food To Save para comercializar os alimentos que estão perto da data de validade. Com a iniciativa, é possível dar um destino diferente aos produtos que seriam descartados e ainda fazer renda extra com a venda das sacolas surpresas.

Lucas Infante, cofundador e CEO da Food To Save aponta que, “Atualmente estamos com a Ambev em São Paulo e no Rio de Janeiro, onde já estamos atuando há bastante tempo. Temos um grande desafio para revolucionar o cenário do desperdício e reeducar uma sociedade a respeito de um tema tão relevante que requer empresas como a Ambev ao nosso lado. Estamos honrados e confiantes que, juntos, faremos a diferença”. Carlos Pignatari, Diretor de Impacto Positivo da Ambev comenta que, “Estamos unindo todas as pontas para gerar impacto verdadeiramente positivo para a sociedade, promovendo inclusão produtiva e crescimento compartilhado com o ecossistema. Essa parceria vem para fortalecer ainda mais a nossa jornada na luta contra a fome”.

O Brasil é um dos principais produtores de alimentos do mundo, mas, infelizmente, também é um dos países com o maior índice de desperdício. De acordo com dados do IBGE, cerca de 30% dos alimentos produzidos acabam sendo jogados fora, o equivalente a cerca de 46 milhões de toneladas por ano.

Créditos: Juan Rosa e Larissa Worms | Estúdio Nômade

Publicidade
Publicidade