Publicidade
Programação da 2ª edição do Festival Culturaberta é anunciada
14 de Julho de 2023

Programação da 2ª edição do Festival Culturaberta é anunciada

Festival ocorre dia 29/7, sábado, no Campeche

Publicidade
Twitter Whatsapp Facebook

A programação completa da 2ª edição do Festival Culturaberta que ocorre dia 29/7, sábado, na Matura Floripa, no Campeche, já foi oficialmente divulgada.

Com entrada gratuita, serão 9 horas de música, arte, dança, circo e cultura popular para toda a família. O evento destaca os shows das bandas Tijuquera (Fpolis), Oros Boros (Itajaí) e Cuscobayo (Caxias/RS), além da apresentação circense da cia. Dale Circo (Fpolis) e do tradicional Boi de Mamão. Além disso, conta, também, com intervenções artísticas dos alunos das oficinas do Projeto Culturaberta.

Publicidade

A ideia do Festival é ter artistas convidados e servir de espaço para apresentação das progressões artísticas dos cerca de 400 integrantes das 16 oficinas de música, canto, dança, circo, fotografia, artes visuais, além de educação ambiental, que o Projeto oferece desde o início do ano no sul da ilha.

“Desta vez vamos ter um número maior de intervenções, vamos mostrar os resultados das oficinas regulares, a evolução artística de cada aluno. Também vamos trazer três bandas convidadas para o palco do Culturaberta, com influências brasileiras com um toque de rock”, conta Osvaldo “Vavá” Pomar, diretor artístico do Projeto Culturaberta.

Nesta 2ª edição, as performances artísticas terão novas formações. Os alunos da flauta vão se misturar aos pandeiros que, por sua vez, guiarão os passos da dança tribal. A galera do canto vai entoar a canção “A Ponte”, de Lenine. Os batuques farão parte da roda de samba e jongo – uma dança típica do sudeste brasileiro – em que o público poderá participar junto às turmas de cultura popular e dança afro-brasileira. Também fazem parte da programação: palhaçaria e circo, dança flamenca, violão e flauta, dança de salão, exposição fotográfica, de desenho realista e de aquarela.

Cultura da ilha

Para manter viva a tradição manezinha, o evento promove o encontro de 23 rendeiras entoando cantigas de ratoeira, uma antiga herança da Ilha. O público infantil também vai poder curtir a apresentação do Boi de Mamão, aproximando o público da cultura da Ilha.

O Festival conta com o apoio da Fundação Cultural de Florianópolis Franklin Cascaes e a realização do projeto Culturaberta é garantida pelo incentivador único Brasil Atacadista, via Programa de Incentivo à Cultura. O PIC permite que empresas contribuintes do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços de Transporte Interestadual e Intermunicipal e de Comunicação (ICMS) possam incentivar projetos aprovados pela Fundação Catarinense de Cultura (FCC) e abater o valor investido do imposto devido, mensalmente.

“Estamos muito felizes em fazer parte do Festival Culturaberta, que proporciona ao público o acesso à nossa diversidade cultural, seja participando das oficinas ou assistindo os espetáculos. A primeira edição já nos deixou empolgados pelo sucesso e temos certeza que esta segunda vai confirmar a importância de espaços que compartilhem a arte local, mostrando também nossa conexão com as comunidades”, avaliou Ulysses Horn, gerente de Marketing do Brasil Atacadista.

O Boi de Mamão e a roda de rendeiras com ratoeiras estão na programação do Festival. Foto: Igor Zanin

Segunda edição do Festival Culturaberta terá nove horas de música, arte, dança, circo e cultura popular. Foto: Igor Zanin

Atrações confirmadas do festival

Tijuquera: Nascida no bairro João Paulo nos anos 90, a banda é queridinha dos nativos de Florianópolis. Reconhecida pelo groove percussionista, o grupo ficou parado durante 8 anos, mas está de volta com uma nova formação. A carismática cantora Ammora, assume o vocal da banda.

Oros Boros: Um quinteto multi-instrumentista natural de Itajaí. Apresenta um espetáculo de música instrumental e autoral, que engloba performance de dança e arte circense. As composições são inspiradas no erudito, jazz, música cigana e ritmos brasileiros.

Cuscobayo: Banda formada por Rafael Froner, Marcos Sandoval, Alejandro Montes, Leandro Begrow e Rafael Castilhos. Natural de Caxias (RS), com dois integrantes residentes em Floripa, o grupo faz um som prioritariamente acústico com violão, trompete, cajon, percussão e baixo – além das vozes.

Dale Circo: O casal Pituca da Rosa (Ana Paula Grigoli) e Chico Chan(Carlos Velazquez) apresentam “La Conquista”. Recheado de situações hilárias, com o universo circense a dupla executa rotina de malabares, equilíbrios perigosos e acrobacias que não dão certo. Um espetáculo que conquista todas as idades.

  • Roda de Rendeiras com ratoeira
  • Boi de Mamão
  • Intervenções Artísticas dos alunos e professores das oficinas Culturaberta
  • Exposições fotográficas, desenhos realistas e aquarelas

Publicidade
Publicidade