Publicidade
Fotografias urbanas são destaques de exposição inclusiva no MIS/SC
13 de Dezembro de 2016

Fotografias urbanas são destaques de exposição inclusiva no MIS/SC

Publicidade

O Museu da Imagem e do Som de Santa Catarina (MIS/SC), administrado pela Fundação Catarinense de Cultura (FCC), apresenta a exposição #PorAí, do fotógrafo Bruno Ropelato, que mostrará recortes, fachadas, texturas e fragmentos da cidade por meio de fotos. A mostra inclusiva, com acessibilidade para cegos, será aberta no dia 16 de dezembro, às 20h, e a visitação segue até dia 5 de março de 2017. A mostra terá 40 fotografias táteis, que poderão ser tocadas, com legendas em braile, e também contará com pisos táteis direcional e de alerta facilitando a locomoção com segurança do público cego pelo espaço expositivo.

Segundo Ropelato, o projeto surgiu “despretensiosamente” quando começou a postar fotos no aplicativo Instagram com a hashtag #PorAí. “As fotos apresentam outro ângulo da cidade que permitem novas descobertas e uma identificação com o urbanismo”, explica.

Publicidade

A mostra é fruto de dois anos de “andanças” pela Grande Florianópolis e o resultado poderá ser apreciado em 500 imagens reveladas em 10X10 – o tamanho pequeno tem o intuito de preservar a origem digital do projeto. “Estou experimentando um novo trabalho, um novo formato com essa ideia do tamanho pequeno, como as fotos do celular e do Instagram”, explica o fotógrafo.

Para ambientação, o MIS/SC foi transformando em uma grande cidade, com dispositivos que remetem aos prédios, com luzes frias e formas sóbrias, além da sonorização urbana.

A abertura contará com pocket show de Jean Mafra, Canela e Damaria.

Publicidade
Publicidade