Publicidade
Doutora pela UFSC é selecionada para o programa Rumos Itaú Cultural Literatura
12 de Novembro de 2007

Doutora pela UFSC é selecionada para o programa Rumos Itaú Cultural Literatura

Publicidade
Twitter Whatsapp Facebook

12/11/07

Marlova Aseff é única da região Sul na categoria. 

Publicidade

A jornalista Marlova Aseff, doutora em Literatura pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), foi a única representante da região Sul selecionada para a edição do programa Rumos Itaú Cultural Literatura 2007-2008. Esta é a terceira edição do programa, que trata da reflexão sobre a produção literária brasileira contemporânea, principalmente na forma de crítica e de ensaios.

577 inscritos
Foram selecionados 16 projetos, dentre os 577 inscritos:
– 4 na categoria Crítica Literária;
– 12 em Produção Literária.
Os selecionados e a comissão de seleção se reunirão pela primeira vez no dia 27 de novembro, na sede do Itaú Cultural, em São Paulo, quando participarão do 7º Colóquio Rumos Literatura.

A pesquisadora foi contemplada pelo projeto ???Escritores-tradutores: a influência da literatura traduzida por escritores contemporâneos em suas próprias criações e no sistema literário nacional???.

Juri
Participaram da comissão julgadora:
– Alckmar Luiz dos Santos, professor de literatura brasileira da UFSC, Claudiney Ferreira, gerente do Núcleo Diálogos do Instituto Itaú Cultural, Heloisa Buarque de Hollanda, professora da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Jaime Ginzburg, professor e coordenador do programa de pós-graduação em literatura brasileira da USP, Leda Tenório da Motta, professora na PUC/SP, tradutora e crítica literária, Lourival Hollanda, professor de teoria literária da Universidade Federal de Pernambuco (UFP) e Luís Augusto Fischer, professor de literatura brasileira na Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Sobre Marlova Aseff
Natural de Santana do Livramento (RS), Marlova reside há oito anos em Florianópolis. ?? jornalista formada pela Famecos (PUC/RS) e já trabalhou na imprensa gaúcha e catarinense (Agência RBS, Zero Hora e A Notícia). Sua tese de doutorado foi uma tradução comentada da obra El império jesuítico, do argentino Leopoldo Lugones. Participou da edição dos livros Memória de Tradutora, com Rosa Freire D`Águiar, e O Nome do Jogo, de Ruy Carlos Ostermann.

Publicidade
Publicidade