Publicidade
Coluna Cinema | 8 1⁄2 Festa do Cinema Italiano
21 de Junho de 2024

Coluna Cinema | 8 1⁄2 Festa do Cinema Italiano

Evento retorna ao Brasil para sua 11ª edição, que ocorrerá de 27/6 a 3/7

Publicidade
Por Coluna Cinema 21 de Junho de 2024 | Atualizado 21 de Junho de 2024

Em 2024, o 8 1⁄2 Festa do Cinema Italiano retorna ao Brasil para sua 11ª edição, que ocorrerá de 27/6 a 3/7, e será realizada em 19 cidades, incluindo São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Brasília, Salvador, e outras. Caxias do Sul participará pela primeira vez, enquanto Volta Redonda terá o evento de 1/7 a 7/7.

A vinheta deste ano, inspirada nos supermercados italianos dos anos 80, foi filmada em uma mercearia italiana e apresenta referências a clássicos do cinema italiano e produtos típicos, com a atriz Ana Vilaça como protagonista. A programação inclui 10 filmes que desafiam e propõem reflexões, como “Maria Montessori – Ensinando com Amor”, dirigido por Léa Todorov e protagonizado por Jasmine Trinca. Este longa aborda a inclusão, respeito às diferenças e feminismo através do método educativo de Montessori. Outros destaques são “Segredos”, de Daniele Luchetti, uma adaptação do romance de Domenico Starnone, e “O Sequestro do Papa”, de Marco Bellocchio, que explora a complexidade das relações entre Estado e Igreja, recebendo aclamação crítica e vários prêmios, incluindo cinco David de Donatello.

Publicidade

A programação também conta com “A Imensidão”, de Emanuele Crialese, estrelado por Penélope Cruz, e indicado ao Leão de Ouro no Festival de Veneza de 2022. Outro grande destaque é “Ainda Temos o Amanhã”, de Paola Cortellesi, um sucesso de bilheteria e vencedor de cinco prêmios David di Donatello. Além destes, estão confirmados filmes como “Lubo”, de Giorgio Diritti, “Enea”, de Pietro Castellitto, “Il Boemo”, de Petr Václav, “A Última Noite de Amore”, de Andrea Di Stefano, e “O Divino Zamora”, de Neri Marcorè. Mais informações sobre as exibições e a programação estarão disponíveis em breve. Confira uma seleção que você não pode perder:

Maria Montessori – Ensinando com Amor: Estamos em 1900. Lili d’Aengy, uma “coquete” parisiense no auge do seu esplendor, foge de Paris para esconder a sua filha. Ao chegar a Roma, a sua vida muda drasticamente após o encontro com uma professora que implementou um novo e revolucionário método educativo para crianças com dificuldades de aprendizagem: Maria Montessori. No entanto, esta mulher vanguardista que pretende personificar publicamente a “mulher nova”, uma mulher moderna e emancipada, deve pagar um preço muito alto: uma maternidade fora do casamento e escondida, que irá forçá-la a fazer uma escolha muito dolorosa – o seu filho ou o seu destino? As duas mulheres irão conquistar o seu lugar no mundo dos homens e fazer História. Um filme de época, cujos temas gerais permanecem atuais, incluindo o frágil desejo de superar a vergonha social associada à diferença. Ano 2023. Direção: Léa Todorov.

Trailer:

A Imensidão: Adri, treze anos, questiona a sua identidade de gênero. Clara, sua mãe, luta contra os seus demônios em silêncio. Esta é uma história de amor. Indicado ao Leão de Ouro no Festival de Veneza e ambientado na Roma dos anos 70, o filme é contado sob a perspectiva de Adri, adolescente em plena metamorfose, para nos falar de uma família à beira da ruptura. Com inspiração autobiográfica e valorizado pela brilhante atuação de Penélope Cruz, um coming-of-age repleto de nuances e momentos de puro e delirante escapismo. Ano 2022. Direção: Emanuele Crialese.

Trailer:

O Sequestro do Papa: A história centra-se no caso verídico de Edgardo Mortara, uma criança judia de 6 anos que, em 1858, é levada da casa de sua família pelas autoridades do papa Pio IX. Edgardo foi batizado em segredo pela sua babá quando ainda era um bebê, fazendo com que ele fosse obrigado a receber uma educação católica. O Sequestro do Papa é um filme de violência não gráfica, mas hedionda, tornada ainda mais grotesca pelo sentido do direito moralista que está no centro de toda a opressão. Uma reconstrução perfeita da época, rica em detalhes, que nos faz mergulhar em um mundo controlado por um poder temporal onipresente. Ano 2023. Direção: Marco Bellochio.

Trailer:

Ainda Temos o Amanhã: Paola Cortellesi narra com leveza e maestria a história de Delia, esposa de Ivano e mãe de três filhos. Ela aceita a vida que lhe foi destinada – esposa e mãe -, no entanto, a chegada de uma carta misteriosa desperta a sua coragem para desafiar o destino e imaginar um futuro melhor, não apenas para si mesma. Unindo a comédia italiana a um neorrealismo pop, Cortellesi surpreende, inova e emociona ao prestar um tributo aos feitos extraordinários de muitas mulheres comuns que, sem suspeitarem, contribuíram para a construção de uma sociedade mais igualitária. Ano 2023. Direção: Paola Cortellesi.

Trailer:

Lubo: O longa se passa na Suíça, no inverno de 1939. O jovem Lubo, descendente de nômades Yenish, é convocado para o serviço militar no exército suíço para proteger a fronteira. Logo se junta a seu primo que lhe conta que a polícia levou seus filhos, por serem descendentes de ciganos, de acordo com o programa nacional governado pelos princípios da eugenia, que ganharam espaço na Europa nos anos trinta. Lubo embarca em uma vingança com repercussões inesperadas, obrigando-o a repensar os limites entre o bem e o mal. Baseado no romance “Il seminatore” de Mario Cavatore. Ano 2024. Direção: Giorgio Diritti.

Trailer:

Mais cidades, salas de exibição e informações sobre a programação, em breve.

Envie a sua sugestão de pauta pro nosso e-mail [email protected] ou comente nas minhas redes sociais @jessielodi.

Você pode me acompanhar também no PODCAST CINE GIRLS no Youtube.

Até a próxima semana.

Publicidade
WhatsApp
Junte-se a nós no WhatsApp para ficar por dentro das últimas novidades! Entre no grupo

Ao entrar neste grupo do WhatsApp, você concorda com os termos e política de privacidade aplicáveis.

    Newsletter


    Publicidade