Publicidade
CEIs de Blumenau recebem projeto cultural de Educação Musical
19 de Janeiro de 2024

CEIs de Blumenau recebem projeto cultural de Educação Musical

Ação é voltada para educadores e funcionários da educação infantil

Publicidade
Twitter Whatsapp Facebook

Música, sons naturais, cuidados vocais, e formação. De fevereiro a junho deste ano, 8 Centros de Educação Infantil (CEIs) de Blumenau irão receber o projeto O Corpo do Som, com oficinas na área musical voltadas para educadores e funcionários da educação infantil pública da cidade.

As ações visam contemplar cerca de 250 profissionais e chegar, indiretamente, a um público estimado de 1500 crianças, de 0-6 anos, atendidas pelos: CEI Anilda Batista Schmitt, CEI Emília Piske, CEI Edgar Sasse, localizados no bairro Fortaleza; CEI Hilca Piazera Schneider, no bairro Água Verde; CEI Prof. João Bertoldo Petry, no bairro Velha Central; CEI Augusto Köster, na Vila Nova; CEI Alwin Knaesel, na Itoupava Central; e CEI Antônio José Curtipassi, no bairro Garcia. As oficinas serão gratuitas e ministradas pelas artistas Bruna Hedler e Clara Mendes.

Publicidade

“Corpo do Som se propõe a instigar reflexões sobre temas relacionados à música no contexto da educação infantil, tais como: escuta ativa e ecologia sonora, escolha de repertório musical no trabalho com crianças, matrizes étnicas e culturais brasileiras, entre outros temas transversais”, afirma a especialista em educação musical e oficineira, Bruna Hedler. “Serão utilizadas como ferramentas: a escuta ativa (baseada em Murray Schafer), exercícios de consciência corporal e respiratória, canto coletivo, movimento, corpo sonoro e danças circulares. Espera-se, com estes encontros, semear novas posturas e práticas dentro da educação infantil, no que diz respeito à incorporação da Linguagem Musical no dia a dia dos CEIs, tendo um impacto direto sobre a formação de repertório musical das crianças atendidas”, complementa Bruna.

Artistas ministrantes

Bruna Hedler é licenciada em Música e Especialista em Educação Musical pela FURB. Faz parte do Projeto Musicalização Infantil de Blumenau, atuando em mais de dez CEIS de Blumenau nos últimos oito anos. É professora efetiva de arte/música no município, produtora cultural, compositora e cantora, é a preparadora vocal e diretora musical do grupo de extensão – Alguns Corpos , Cia Carona, do Teatro Carlos Gomes, e atua ainda como formadora nas áreas de Educação e Arte, sendo co-autora do documento Projeto Musicalização Infantil de Timbó. Atua como professora de canto e violão particular e é integrante do grupo As Quartettas.

Clara Mendes é Licenciada em Música FURB. É especialista em Arteterapia Junguiana; é musicista, compositora e arte-educadora e arteterapeuta. Como compositora, integrou a banda Ozuê, com a qual lançou álbum homônimo em 2012. As composições do álbum ganharam regravações e interpretações do Coro da FURB, Coro da Etevi, Coro Txai, do grupo português Aqui Há Ó, e da banda paulistana Baobaque. Desde 2019, em carreira solo, teve seu single de estreia “Caraíva” (produzido por Renato Pimentel – The Magic Place) na programação de diversas rádios regionais e educativas. Em 2022, lançou seu primeiro álbum solo “Todas as Plantas”, disponível em todas as plataformas e presente na programação de rádios como Rádio USP, Univali FM, Udesc FM, FURB Fm, Rádio Joinville Cultural, entre outras. “Todas as Plantas” foi eleito pela plataforma de música autoral Rifferama como um dos 10 melhores álbuns catarinenses de 2022.

O Projeto O Corpo do Som é contemplado pelo 5ª Edição do Prêmio Herbert Holetz do Fundo Municipal de Apoio à Cultura.

Cartaz: Divulgação

Artistas Clara Mendes e Bruna Hedler, projeto O Corpo do Som Foto: Ruth Rodrigues

Confira a programação geral

Ações do projeto O Corpo do Som, em Blumenau 

CEI Hilca Piazeira, período vespertino (2/2)

CEI Anilda Batista, período matutino (12/6)

CEI Emília Piske, período vespertino (12/6)

CEI Edgar Sasse, período matutino (23/5)

CEI Alwin Knaesel, período vespertino (23/5)

CEI Prof. João Bertoldo Petry, período matutino (24/5)

CEI Augusto Köster, período vespertino (24/5)

CEI Antônio José Curtipassi, período matutino (28/6)

Todas as ações são gratuitas e voltadas para educadores e funcionários da educação infantil dos CEIs contemplados.

Publicidade
Publicidade