Publicidade
3ª edição do Challenge Florianópolis reúne mais de 1.500 atletas entre os maiores nomes do triathlon brasileiro
30 de Novembro de 2016

3ª edição do Challenge Florianópolis reúne mais de 1.500 atletas entre os maiores nomes do triathlon brasileiro

Publicidade

De quinta-feira (1) a domingo (4), Florianópolis voltar a ser a capital mundial do triathlon com cerca de 1.500 atletas reunidos em Jurerê Internacional para a terceira edição do Challenge Florianópolis. A prova é a mais importante do mundo em “half distance” (1.900m de natação, 90km de ciclismo e mais 21,1km de corrida, percorridos individualmente ou em revezamento). Com grandes nomes do esporte, a disputa promete ser acirrada, com um forte start list. A competição contará com os principais nomes do triathlon brasileiro, entre eles o atual campeão da prova, Edivânio Monteiro e, entre as mulheres, a 5ª colocada Ariane Monticeli. 

Destaque ainda para os atletas no start list Fernando Toldi, Eduardo Antonio Lass, Luiz Francisco Ferreira, Marcus Fernandes, Felipe de Oliveira Manente, Manoel Messias dos Santos Jr, Iuri Vinuto Josino, Flavio da Silva Queiroga, Felipe Gomes Santos. E no feminino, Luisa de Baptista Bastos Duarte, Mariana Borges de Andrade, Gisele Bertucci, Bruna Saglietti Mahn.
Desde o ano passado, atingindo novos perfis de atletas, a organização do Challenge Brasil abriu vagas exclusivas para o triathlon em distâncias mais curtas, com a categoria Sprint Distance, no sábado (3). Para o organizador do evento, Carlos Fernando Menezes, da Dash Sports, “a modalidade dá a chance de triatletas disputarem o pódio com um circuito menor e que exige mais velocidade”. No Sprint, o percurso é de 750 metros de natação, seguidos de 20 quilômetros de ciclismo e finalizados com cinco quilômetros de corrida. A largada é no sábado, às 6h10.

Publicidade

A novidade em 2016 fica com a categoria “Challenge for All”, um percurso de 10km de corrida.  O objetivo é incentivar a prática de atividades físicas para os  familiares ou acompanhantes dos triatletas do Challenge Florianópolis, além de espectadores e admiradores do esporte. A largada é no sábado, às 17h30. Ao todo, são 850 atletas para a prova principal, 350 disputando Sprint, 500 no For All e Women e 100 crianças no Kids.

Em paralelo, será realizada uma Expo Feira, com stands de marcas do segmento. A expectativa da organização é movimentar cerca de R$ 10 milhões na economia local e toda rede hoteleira da praia foi ocupada para o período. O Challenge Florianópolis também destacará a preocupação com a saúde dos atletas. Durante a programação, o evento promove uma palestra sobre dopping com o presidente da Comissão Nacional de Controle de Dopagem da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Fernando Solera. O médico falará aos atletas e para o público no sábado (3), às 11h30, com entrada livre, no hotel Il Campanario.

Mantendo o espírito familiar, no sábado, mulheres e crianças podem participar das provas específicas Challenge Women e Challenge Junior. Reunindo boa parte dos filhos dos atletas do evento, a prova Junior é para as crianças de 7 a 15 anos, que executam um mini triathlon, subdividido em categorias por idade (7-9; 10-12; 13-15 anos). Para eles, os percursos de natação serão de 50 a 200 metros; de ciclismo de 2 a 6 quilômetros; e de corrida de 500 metros a 2 quilômetros, com a largada às 9h30. Para incentivar a prática de atividades físicas na infância e juventude como forma de desenvolvimento social, a organização possibilitou a participação de 25 crianças carentes, da Escolinha de Triathlon da Associação Desportiva Triatlética de Santa Catarina (ADTRISC).

Já o evento para mulheres pode ser disputado em corrida ou caminhada, com distância de 5 quilômetros, iniciando às 17h30.  “O objetivo é integrar toda a família do triatleta que participa do Challenge”, ressaltou Menezes. 

Após a organização anunciar a inédita “Challenge Cerrado”, em Brasília, para 23/04/2017, a expectativa para o próximo ano é uma virada no triathlon brasileiro. Provas de diversas distâncias estão chegando no país o que demonstra o crescimento do esporte, mesmo num momento de crise política e econômica. “Já são 38 provas pelo mundo e o Challenge Family acredita em nosso empenho, amor e cuidado com as provas que organizamos no Brasil. Nós entregamos o verdadeiro espírito do triathlon para o nosso público, por isso dizemos #wearetriathlon. Além disso, os alemães depositam suas fichas no país pela paixão que o brasileiro tem pelo esporte” disse Carlos Fernando.
Economia aquecida

Atraindo atletas e toda família para um fim de semana fora de temporada, a expectativa da organização é que o evento movimente R$ 10 milhões na economia local. A rede hoteleira de Jurerê Internacional foi totalmente ocupada para o período. “São mais de 3 mil empregos diretos e indiretos, mobilizados em Florianópolis para realizar um dos eventos esportivos mundiais mais importantes. Destaque também para a premiação, que ultrapassa R$ 45 mil”, pontuou Menezes. 

Além das provas esportivas, de triathlon e de corrida, uma expo feira deve atrair amantes do esporte para Jurerê Internacional. Montada ao lado do hotel Il Campanario, a feira contará com stands das marcas Woom, R2L, Agile, Xterras, Tribo do Esporte, Fast Runner, 3T e Challenge Family, comercializando produtos e preços especiais. 

O Challenge Florianópolis conta com patrocínio da Coca-Cola, PowerAde, TYR e Globus.

Prova segura
Rigidez no esporte e segurança estão entre as prioridades da prova. A disputa conta com sistema rígido de fiscalização e arbitragem, com monitoramento de chips individuais e 95 árbitros da Federação de Triathlon de Santa Catarina (Fetrisc) espalhados ao longo do percurso. Tudo para garantir que o resultado dos cerca de 1.500 atletas seja totalmente idôneo. Os atletas de elite ainda passarão por exames antidopping após a prova. Por isso, a recomendação de consumirem apenas os produtos de hidratação e reposição mineral oficiais durante a prova. Ainda para a saúde, a assistência médica estará sob os cuidados da estrutura especializada do Embramed.

Alteração no trânsito
No domingo (4), o trânsito sofrerá alterações no Norte da Ilha para a prova esportiva Challenge Florianópolis.  Na rodovia SC 401, das 4h às 13h, trânsito em meia pista a partir do Morro do Estado até a praia de Canasvieiras, nos dois sentidos. Na SC 402, trânsito em meia pista e controlado, desde a Rodovia Pontal de Jurerê até a SC 401, nos dois sentidos. Para acessar Jurerê e Daniela, vindos do Centro pela SC 401, deverá ser feito retorno no viaduto da Vargem Pequena. O acesso a Jurerê Internacional será feito através de Jurerê Tradicional, pela Rodovia Jornalista Mauricio Sirotsky Sobrinho. O acesso à praia de Daniela será feito com trânsito controlado através da Rodovia SC 402. Em Jurerê Internacional, trânsito em meia pista na Avenida Búzios, das 4h às 16h. A segurança do fluxo estará sob os cuidados da organização do evento, juntamente com a Polícia Militar. No sábado (3), o acesso para Jurerê se dá somente por Rodovia Jornalista Mauricio Sirotsky Sobrinho, devido às interrupções nas Avenidas Búzios, Salmões e Raias.

Publicidade
Publicidade