Publicidade
NSC mantém equipe na Rússia até final da Copa do Mundo
10 de Julho de 2018

NSC mantém equipe na Rússia até final da Copa do Mundo

Publicidade
Twitter Whatsapp Facebook

 

A eliminação da Seleção Brasileira na Copa da Rússia não mudou o roteiro dos jornalistas da NSC Comunicação que estão por lá. Roberto Alves, Cacau Menezes e Diorgenes Pandini seguem acompanhando a Copa e fazendo reportagens nas  cidades em que as partidas finais ocorrem.

Publicidade

A equipe conta com o apoio de cinco produtores locais, que auxiliam na preparação para a realização das pautas e na tradução. Em Santa Catarina, mais de 60 pessoas reforçam os times de tevê, jornais, rádios e digital e o apoio à produção local na Rússia.

“Nosso time permanece atento a tudo que acontece na Rússia. Mas já estamos com o olhar em 2022, planejando a formação da equipe que estará por lá, já pensando em como vamos cobrir a Copa do Catar, nas novas e futuras linguagens… Nosso projeto Vai, Brasil seguirá  vivo”, afirma o diretor geral de jornalismo, César Seabra.

 

DC – Capa interativa
E a criatividade para manter a Copa na memória do público é grande. Um exemplo foi a capa da superedição do DIário Catarinense.  Por meio de uma dobra era possível formar o destino da próxima Copa e manter a esperança do hexa viva para 2022. Clique e assista ao vídeo

 

Torcida unida
O projeto Vai, Brasil, que também inspirou os catarinenses a torcerem juntos nas arenas montadas em Florianópolis, Joinville, Blumenau e Chapecó, reuniu milhares de pessoas. No aquecimento dos jogos do Brasil a torcida participava de brincadeiras e recebia brindes. Na Capital, shows de Ludmila, Jeito Moleque e Molejo animaram os pós-jogo.

“A visibilidade de nossos parceiros de projeto – Unisociesc, Freddy Pneus, Orcali e Ness – está mantida até o fim do Campeonato, pois a NSC permanece com intensa cobertura sobre um tema que interessa ao nosso público”, analisa Delton Batista, diretor de Negócios da NSC.

Publicidade
Publicidade