Publicidade
Jornalista Camille Reis aborda sobre carreira em podcast
17 de Julho de 2023

Jornalista Camille Reis aborda sobre carreira em podcast

Episódio foi ao ar na última quinta-feira (13/7)

Publicidade
Twitter Whatsapp Facebook

O novo episódio do podcast “Jogando para a Plateia” trouxe a jornalista Camille Reis como convidada, que teve grande parte da sua carreira construída na RBS TV, atualmente NSC TV, afiliada da Rede Globo em Santa Catarina.

Indo ao ar na última quinta-feira (13/7), no episódio, Camille compartilha várias curiosidades dos bastidores da TV e detalhes da sua trajetória no jornalismo, desde coberturas marcantes até oportunidades que teve de viajar o estado documentando as peculiaridades presentes em diferentes cidades catarinenses.

Publicidade

Durante a entrevista, a Jornalista revelou desafios enfrentados no início da carreira, como ameaças de morte que sofreu na época em que se envolveu em reportagens investigativas de grande relevância como editora do Estúdio SC, revista eletrônica que ia ao ar sempre aos domingos à noite, após o Fantástico. “Nssa época que eu recebia ameaças foi quando denunciamos regalias dentro do presídio militar, por exemplo. Eram os policiais que cometeram crimes, e não eram crimes quaisquer, eram estupros, assassinatos”, contou Camille.

Além disso, a apresentadora revelou quais estratégias utilizava para lidar com as ameaças. “Eu mudava o caminho de casa, pedia para alguém me acompanhar na saída do trabalho, sempre tinha um certo cuidado durante esses períodos mais críticos”, lembra.

Carreira no digital

Após trabalhar por 19 anos na RBS TV (hoje NSC), sendo 12 deles no comando do Estúdio SC, em 2019, Camille viu uma oportunidade de empreender no meio digital e decidiu deixar para trás a carreira no jornalismo televisivo para se dedicar à produção de conteúdo para grandes marcas como a rede de supermercados Imperatriz.

Durante o bate-papo com os apresentadores Jimmy e Fábio Ferrari e o convidado especial e assessor do podcast, o jornalista Davi Paes e Lima, Camille falou sobre a transição de carreira, suas iniciativas como empreendedora, dificuldades enfrentadas e a proximidade com o público através das redes sociais.

“Eu já não estava mais na televisão, o que me enchia os olhos afinal era a televisão. Depois que acabou o Mistura (programa televisivo sobre variedades apresentado por Camille e exibido aos sábados para toda Santa Catarina) foram me colocando em outras funções dentro da empresa. Fiz coluna social por um tempo. Depois eu trabalhava em um núcleo comercial que produzia conteúdos para a internet para clientes e ali eu comecei a ser convidada por marcas para fazer esses conteúdos”, revela Camille.

A entrevista completa com Camille Reis está disponível no canal do YouTube do podcast Jogando para a Plateia e nas principais plataformas de streaming – Spotify, Deezer, Amazon Music, Apple Podcasts, Google Podcasts e Soundcloud.

Confira:

Publicidade
Publicidade