Publicidade
Grupo ND lança projeto multiplataforma ‘Fiscaliza Verão’
22 de Dezembro de 2023

Grupo ND lança projeto multiplataforma ‘Fiscaliza Verão’

Cobertura inédita busca auxiliar população na fiscalização de comércios e serviços durante temporada de verão

Publicidade
Twitter Whatsapp Facebook

 

Publicidade

O verão iniciou nesta quarta-feira (22) e promete atrair milhares de turistas e visitantes para as praias do Litoral Catarinense. Durante a temporada, o Grupo ND vai acompanhar de perto a qualidade e preço dos serviços oferecidos. O projeto “Fiscaliza Verão”, lançado nesta sexta-feira, 22/12, quer contribuir para o turismo de qualidade e conscientizar a população sobre a importância desta atividade para nossa economia. A iniciativa inicia pelas praias de Florianópolis e, gradativamente, atingirá todas as praias catarinenses.


Ação

Por meio de reportagens, nas várias plataformas (televisão, portal na internet, jornal impresso e rádios), o jornalismo do Grupo ND vai apontar abusos e cobrar do poder público maior fiscalização, educar sobre os direitos do consumidor e sensibilizar os agentes do segmento sobre a importância dos preços justos, já que turista explorado não volta.

O conteúdo jornalístico vai mostrar as centenas de opções para os veranistas oferecidas pelas nossas praias mas, também, os problemas em relação ao preço abusivo de alimentos, aluguéis, estacionamentos irregulares, além do ranking de balneabilidade e segurança em nossa orla.

O tema será destaque em todas as plataformas durante a temporada de verão – de dezembro a março de 2024 -. As reportagens também devem acompanhar o trabalho de autoridades responsáveis pela fiscalização de produtos, serviços e segurança, como Vigilância Sanitária, Procon, Prefeitura, Guarda Municipal e Instituto de Meio Ambiente (IMA). Também estão previstos conteúdos com a participação de nutricionistas e infectologistas sobre os perigos no consumo de alimentos suspeitos neste período.

Canal de denúncia

Além disso, serão disponibilizados meios de participação e escuta da população mediante a disponibilização de um canal de um Whatsapp próprio para receber denúncias e documentos que comprovem explorações e abusos de preços.

Publicidade
Publicidade