Publicidade
Estúdios Globo investem na produção de novos gêneros
23 de Junho de 2023

Estúdios Globo investem na produção de novos gêneros

As categorias de Auditório e Humor são fomentadas

Publicidade
Twitter Whatsapp Facebook

Nesta última quinta-feira (22/6), a Globo anunciou a criação de novas estruturas nos Estúdios Globo que irão potencializar o desenvolvimento e produção dos gêneros Auditório e Humor, trazendo múltiplas narrativas e formatos às plataformas da emissora.

Duas diretorias de gênero foram criadas com base em um novo desenho organizacional, sendo lideradas por Monica Almeida, que assumirá a de Auditório, e por Patricia Pedrosa, a de Humor. Além disso, também é realizada a implantação do núcleo de Produção de Filmes de Janela Curta, sob a responsabilidade do produtor Raphael Cavaco, no Gênero Dramaturgia, com direção artística de José Luiz Villamarim.

Publicidade

“Os conteúdos criados e produzidos nos Estúdios são a base da estratégia multiplataforma da Globo. Adotar fluxos e processos que incentivem a criação e facilitem o desenvolvimento das ideias é fundamental para o nosso crescimento e relevância. A nova estrutura de gestão e criação dos Estúdios Globo trará maior sinergia e eficiência entre os nossos ativos e oportunidades para os talentos da Globo”, explica Amauri Soares, diretor dos Estúdios Globo, destacando que as mudanças também vão proporcionar novas parcerias com o mercado audiovisual.

Abaixo o Comunicado Interno

Companheiros dos Estúdios Globo,

Os conteúdos criados e produzidos aqui são a base da estratégia multiplataforma da Globo. Ter fluxos e processos que incentivem a criação e facilitem o desenvolvimento das ideias é fundamental para o nosso sucesso. Neste contexto, eu queria comunicar três novidades na Estrutura de Gestão e Criação dos Estúdios Globo:

DIREÇÃO DE GÊNERO AUDITÓRIO

Os programas de auditório estão associados ao DNA da televisão, em todas as plataformas. Flexível e sempre em renovação, o gênero auditório oferece enormes oportunidades criativas. Para explorar estas oportunidades e ajudar no desenvolvimento permanente dos nossos programas de auditório, criamos a Direção do Gênero Auditório, que será exercida pela Monica Almeida.

Monica estudou Cinema na UFF e começou cedo a trabalhar no mercado de cinema. Em 1995, veio para a Globo, como estagiária. Desde então, atuou em programas de Variedades, Dramaturgia, Musicais, Documentários e quadros para o Fantástico. Fez Brasil Legal, Torre de Babel, Vídeo Show, Central da Periferia, Esquenta, Altas Horas, Conversa Com Bial, Som Brasil e Linha Direta. Em 2018, participou da criação do núcleo de documentários ‘Conversa.doc’ responsável por, entre outras produções, ‘Em Nome de Deus’, ‘Arnaldo, Sessenta’, ‘Erasmo 80’, ‘Marisa Monte – Portas e Janelas’, ‘Chitãozinho e Xororó – 50 Anos de História ’ e está produzindo ‘Xuxa – O Documentário’ e ‘Vale o Escrito’.

Na nova posição, Monica vai contribuir com Luciano Huck e Helio Vargas, no Domingão com Huck; com Marcos Mion e Geninho Simonetti, no Caldeirão com Mion; e com Serginho Groisman e Adriano Ricco, no Altas Horas. Os três programas passam a formar o portfólio do Gênero Auditório.

DIREÇÃO DE GÊNERO HUMOR

Para estimular e desenvolver projetos de humor em todos os formatos e para todas as plataformas, estamos criando a Direção do Gênero Humor. A posição será ocupada pela Patricia Pedrosa.

Patricia é formada em Cinema pela UFF e Artes Cênicas pela CAL, e cursa pós-graduação em Letras na PUC. Entrou na Globo como estagiária, pelo programa Estagiar, em 2007. Nos Estúdios Globo, iniciou sua carreira como diretora em A Grande Família, tendo dirigido também Chapa Quente, Mister Brau e A Fórmula. Como diretora artística, esteve à frente de Cine Holliúdy, Shippados, Todas as Mulheres do Mundo, Juntos a Magia Acontece 2, Amor e Sorte e está em uma nova série em produção. Patrícia vai conciliar a Diretoria de Gênero com a conclusão desta série, projeto do qual ela participa desde a concepção.

Como Diretora do Gênero Humor, o papel de Patricia será o de abrir caminho para o portfólio mais diverso possível de projetos, envolvendo talentos da casa e do mercado.

NÚCLEO DE FILMES JANELA CURTA

Estamos implantando o Núcleo de Produção de Filmes de Janela Curta dos Estúdios Globo. O núcleo funcionará dentro do Gênero Dramaturgia, sob a direção artística do José Luiz Villamarim. O objetivo do Núcleo será produzir longas metragens para atender as demandas da TV Globo e do Globoplay. O responsável pela Gestão do Núcleo de Filmes será o Gerente de Produção Raphael Cavaco, produtor com 15 anos de experiência na Globo e 5 anos em produção para cinema, tendo em seu currículo alguns títulos importantes como Cidade dos Homens, Meu Nome Não é Johnny e A Mulher Invisível.

Ele terá a missão de planejar as produções com o maior grau possível de aproveitamento de recursos existentes nos Estúdios, como, por exemplo, as cidades cenográficas. Cavaco e Villamarim vão organizar processos de briefing e pitching para que toda a comunidade criativa da Globo possa ter propostas avaliadas. Criadores do mercado também serão convidados a participar. Por último, o Núcleo de Filmes vai operar em parceria com a Globo Filmes, que mantém suas atribuições como responsável pelo negócio cinema. Juntas, as duas áreas vão avaliar obras com potencial de exibição nesta janela.

Com a criação das novas áreas, fica assim a estrutura criativa e de gestão dos Estúdios Globo:

– Direção de Gênero Dramaturgia: José Luis Villamarim.
Produtor parceiro: Lucas Zardo.
Núcleo de Filmes Janela Curta: Gerente de Produção Raphael Cavaco.
– Direção de Gênero Realities: Boninho.
Produtor parceiro: Rodrigo Tapias.
– Direção de Gênero Variedades: Mariano Boni.
Diretor Parceiro: Matheus Pereira.
– Direção de Gênero Festivais e Eventos: Raoni Carneiro.
Produtora parceira: Juliana Silleman.
– Direção de Gênero Humor: Patricia Pedrosa.
Gerente de Produção a definir.
– Direção de Gênero Auditório: Monica Almeida.
Produtores parceiros: Rodrigo Tapias e Matheus Pereira (SP).
– Direção de Diversidade e Inovação em Conteúdo: Samantha Almeida.
– Direção de Produção de Conteúdo: Fabiana Moreno.
– Direção de Talentos Artísticos: Bernardo Portugal.

Com esta estrutura, estamos prontos para ampliar nossa produção e, assim, atender às demandas de todas as plataformas Globo. Neste trabalho, teremos a indispensável ajuda das áreas parceiras de operação dos Estúdios Globo: Infraestrutura & Serviços e Tecnologia.

Foto: Freepik

Publicidade
Publicidade