Publicidade
Diversa+: Grupo ND lança nova editoria
20 de Maio de 2022

Diversa+: Grupo ND lança nova editoria

Iniciativa objetiva dar visibilidade, oportunidades e equidade às mulheres catarinenses

Publicidade
Twitter Whatsapp Facebook

O lançamento oficial ocorreu nesta quinta-feira (19) com a presença de autoridades, representantes da política, de movimentos sociais, da cultura, do esporte e de entidades de Santa Catarina, além das jornalistas de todos os veículos na sede do Grupo ND.

No encontro, sob o comando da apresentadora da NDTV, Márcia Dutra, a escritora Chai Carioni, parceira de longa data do grupo, destacou a capacidade da mulher em ser múltipla ou, como sugere a editoria, diversa. Na ocasião, o presidente do Grupo ND, Marcello Corrêa Petrelli falou sobre como a nova editoria vai ao encontro do momento que o ND+ vive, como líder de audiência alinhado com as expectativas e os desejos de informação do catarinense.

Publicidade

A idealizadora da Diversa+, a gerente de jornalismo da NDTV Andreza de Oliveira, afirma que o propósito da editoria é valorizar as mulheres de todo o Estado. “A Diversa+ é para mostrar mais do que a força da mulher. A gente não quer impor nada, a gente só quer mostrar o nosso trabalho, mostrar o que a gente faz de tão maravilhoso, seja no esporte, na cultura, na economia, em todas as áreas.”

O evento marca o início de projetos que vão envolver sociedade civil e autoridades em Santa Catarina. Os objetivos são dar visibilidade às mulheres que transformam nosso Estado, identificar lacunas em busca de soluções conjuntas, e promover reflexões e ações para o desenvolvimento.

O espaço exclusivo no ND+ destaca conteúdos voltados não só ao público feminino, mas também aos homens que têm o propósito de refletir e contribuir por uma Santa Catarina mais segura, justa e desenvolvida.

Palavra de Mulher 

Durante a apresentação oficial da editoria à sociedade, a jornalista da NDTV Amanda Santos fez o lançamento da série “Palavra de Mulher”, que retrata o aumento do número de feminicídios em Santa Catarina durante a pandemia. O objetivo é trazer diretrizes que possam auxiliar vítimas de violência doméstica e jovens que sofreram violência sexual — destacando a necessidade de punição dos autores desses crimes. Amanda também é colunista colaboradora da Diversa+ com colunas às sextas-feiras.

 

Publicidade
Publicidade