Publicidade
Com crescimento da web e TV paga, Globo cria direção exclusiva focada na Globonews e G1
16 de Dezembro de 2011

Com crescimento da web e TV paga, Globo cria direção exclusiva focada na Globonews e G1

Publicidade
Twitter Whatsapp Facebook

 

O diretor geral de Jornalismo e Esporte da TV Globo, Carlos Henrique Schroder, anunciou, nesta quinta-feira, 15, a criação de uma direção de jornalismo específico para supervisionar o trabalho da Globonews e do portal G1. De acordo com o executivo, a mudança se deve ao avanço da internet e da TV paga no Brasil.
 
“Eu e Ali Kamel estamos conversando desde o início do ano sobre o crescimento exponencial da internet e da TV por assinatura no Brasil e as repercussões disso no nosso jornalismo. A Globo News, líder absoluta no segmento notícias, tem de continuar cada vez mais preparada para esse crescimento. Com a internet, a mesma coisa. As Organizações Globo também nesta plataforma são líder no segmento notícias, com enorme destaque para o G1. A internet precisa, então, ter uma atenção ainda mais especial. Por esse motivo, decidimos criar mais uma diretoria executiva de jornalismo na CGJ, que se somará às duas já existentes”, explicou Schroder, em e-mail enviado aos profissionais da empresa.
 
Com a mudança, Luiz Claudio Latge assumirá a supervisão geral do G1 e da Globonews. Apesar disso, a emissora de TV por assinatura continuará sendo dirigida por Eugenia Moreyra. G1 continua sob comando deMárcia Menezes.“Latge fará parte do comitê de internet da TV Globo, um grupo interdepartamental que traça as estratégias da emissora para a nova plataforma, discute políticas, debate sobre novos produtos, em todas as áreas da empresa”, informa Schroder.
 
Carlos Henrique Schroder, Eugênia Moreyra, Cesar Seabra, diretor da Globo News, e Luiz Claudio Latgé. 
(Imagem: Zé Paulo Cardeal/TV Globo)
 
 
Com a ida de Latge para a nova diretoria da Central Globo de Jornalismo, Silvia Faria ocupará o cargo de diretora-executiva de jornalismo, supervisionando os quatro telejornais de rede, 'Bom Dia Brasil' e 'Jornal Nacional', produzidos no Rio, e 'Jornal Hoje' e 'Jornal da Globo', produzidos por São Paulo, sob a direção de Cristina Piasentini, diretora regional de jornalismo. Os programas 'Globo Repórter', 'Profissão Repórter' e 'Globo Mar' também contarão com direção de Silvia, que em Brasília será substituída por Mariano Boni, atualmente chefe de redação de São Paulo.
 
Ricardo Villela, editor-chefe do 'Jornal da Globo', foi convidado para o lugar de Mariano, que será substituído por Jorge Sacramento, atual editor-executivo do telejornal.
 
 
Com informações: Comunique-se

Publicidade
Publicidade
Publicidade