Publicidade
Blue Forest é o primeiro empreendimento residencial de Santa Catarina a receber o selo internacional de sustentabilidade
18 de Janeiro de 2022

Blue Forest é o primeiro empreendimento residencial de Santa Catarina a receber o selo internacional de sustentabilidade

Selo “Liderança em Energia e Design Ambiental” foi concedido ao Edifício da Phacz Empreendimentos

Publicidade
Twitter Whatsapp Facebook

Fotos:Divulgação/Phacz

A Phacz Empreendimentos é um grande destaque no litoral norte de Santa Catarina com o Blue Forest Residence, que já se encontra em pré-lançamento e recebeu no último dia 17 de janeiro (segunda-feira), o selo Gold de pré-certificação LEED – Leadership in Energy and Environmental Design.

Publicidade

Esse selo tem grande relevância para a comprovação dos trabalhos sustentáveis feitos no empreendimento, que vão desde o projeto até a construção, como por exemplo: sistemas eficientes capazes de reduzir o consumo de água em 28% e de energia em 35%.

Guido Petinelli, consultor e responsável pelo projeto de sustentabilidade do Blue Forest explica que, “Não tem como ter um prédio sustentável se ele não é eficiente, consome menos energia e água, mas que faz isso sem sacrificar o conforto. Então tem um menor custo operacional, tanto do ponto de vista do condomínio quanto do seu próprio apartamento. Mais conforto, menos ar-condicionado, menos consumo de energia. E é óbvio que se você fizer tudo isso, está usando recursos naturais de forma mais inteligente, reduzindo o tamanho do impacto ambiental”.

Cesar Zanon e Paulo Henrique Zanon, respectivamente, recebem o certificado

Mas o que é o certificado LEED?

“O LEED não é uma certificação ambiental, e sim de sustentabilidade. A sustentabilidade parte da premissa de que eu tenho um tripé: tenho que prezar pelo bem-estar e conforto das pessoas, tenho que pensar em como reduzir custos operacionais, o lado econômico, e também pensar no planeta, como a gente reduz impactos ambientais. Mas a hora que você vai escolher onde morar, vai dar uma atenção especial, escolhendo um lugar que você enxerga que vai te fornecer a qualidade de vida que se espera, e o conforto e bem-estar são a chave”, pontua Petinelli.

Essa comprovação parte dos objetivos iniciais do projeto, que devem envolver formas de otimizar a economia financeira, aliada a comodidade de seus moradores. “O quanto você vai usar o ar-condicionado depende do quão eficiente é a envoltura do prédio. Então, na hora que você compra o apartamento, você está comprando o conforto. O LEED é uma garantia de que você está comprando um imóvel que vai te oferecer conforto”, exemplifica.

O recebimento do selo acontece em dois estágios, a pré-certificação e a certificação. “A pré-certificação acontece na parte de projeto e a certificação acontece na fase de obra, após a conclusão e entrega do empreendimento”.

“A pré-certificação é o primeiro resultado tangível de uma decisão que a Phacz tomou a mais de um ano, quando ela decidiu construir o melhor prédio possível. É um reconhecimento, uma oportunidade de a gente também estar celebrando uma conquista inédita. É só o primeiro passo, depois dela ainda vem a certificação, mas já é um reconhecimento oficial de todo o esforço e todas as conquistas obtidas pelo projeto até agora”.

Apesar de ser dividido em dois estágios, o certificado possui categorias e exigências padrões em ambos. “É a mesma avaliação, os mesmos critérios, os mesmos pontos. A gente venceu a fase de projetos e agora a gente entra na fase de obras, mas é o mesmo nível de desempenho. Eles confirmaram que os projetos atendem o nível Gold da certificação e agora a gente tem que construir esse prédio e eles vão avaliar e confirmar que a obra atende os mesmos níveis que a gente se comprometeu em projeto”, finaliza.

 

Sobre o projeto

O Blue Forest Residence fica localizado em Balneário Perequê, Porto Belo, no litoral norte de Santa Catarina. Com entrega prevista para 2027, o edifício é um projeto da Phacz Empreendimentos, empresa que conta com nove empreendimentos nas cidades de Brusque, Porto Belo e Itapema.

Para os próximos anos, a construtora já tem planejado quatro novos prédios que continuarão fazendo parte do trabalho de investimento nas cidades litorâneas do estado.

Publicidade
Publicidade