WhatsApp está querendo diminuir o spam e as fake news

01 de Março de 2018

Novo recurso irá impedir que alguém repasse o que recebeu sem que a outra pessoa saiba de onde veio primeiramente aquela mensagem

Com o objetivo de diminuir o spam que rola solto nas conversas do WhatsApp, sejam elas individuais ou nos grupos, o aplicativo mais popular do Brasil está por liberar um recurso já usado por concorrentes como o Telegram: ao encaminhar/copiar a mensagem de alguém para outra pessoa, a pessoa que recebeu a mensagem encaminhada saberá quem enviou primeiro. Assim, identificará os usuários que não escreveram o próprio texto, apenas repassaram adiante algo que receberam de outra pessoa.

Segundo o site WABetaInfo, que costuma acompanhar as atualizações do WhatsApp, ao encaminhar uma mensagem o aplicativo mostrará pra outra pessoa o termo "Mensagem encaminhada". A informação também aparecerá quando o conteúdo encaminhado tiver sido publicado pela primeira vez na mesma conversa.

Esse recurso já está disponível em fase beta para os usuários da versão 2.18.67. E pretende com ele reduzir o número de mensagens com notícias falsas/Fake News, propagandas indesejadas ou correntes que pedem para encaminhar algo para mais contatos.