Twitter lança programa de contextualização de fatos que visa combater a desinformação

26 de Janeiro de 2021

No momento, Birdwatch está em fase de testes para usuários dos EUA

Foto de freestocks.org no Pexels

 

O Twitter anunciou na última segunda-feira (25), em seu blog oficial, o lançamento do programa Birdwatch. Depois de adicionar rótulos em tweets que tivessem informações erradas ou enganosas a fim de impedir a desinformação, agora a plataforma visa, com a nova ferramenta, dar voz aos seus usuários ao permitirem que adicionem notas nas publicações, fornecendo um contexto informativo para a comunidade.

"Acreditamos que essa abordagem tem o potencial de responder rapidamente quando informações enganosas se espalham, adicionando contexto em que as pessoas confiam e consideram valioso", afirma o Vice-presidente de produto do Twitter, Keith Coleman.

Inicialmente, o programa está em fase de testes com cerca de mil usuários dos Estados Unidos em um site separado do Twitter. Mas a ideia é tornar as notas visíveis diretamente nos tweets para o público global, assim que houver consenso de um amplo e diversificado conjunto de colaboradores.

Além de adicionar contexto, os usuários também poderão avaliar as notas adicionadas por outros colaboradores. Tudo isso sem que mude a forma como as pessoas visualizam os tweets ou as recomendações do sistema.

E com o objetivo de tornar a nova ferramenta o mais transparente possível, todos os dados contribuídos para Birdwatch estarão disponíveis publicamente e para download em arquivos TSV, e o Twitter publicará os algoritmos que alimentam o programa publicamente em um Guia do Birdwatch.

"Esperamos que isso permita que especialistas, pesquisadores e o público analisem ou auditem o Birdwatch, identificando oportunidades ou falhas que podem nos ajudar a construir mais rapidamente uma solução eficaz voltada para a comunidade", disse o Vice-presidente de produto do Twitter.

Para ter acesso ao Birdwatch, inscreva-se aqui.

Notícias Relacionadas