Tinder supera Netflix em faturamento no primeiro trimestre de 2019

12 de Abril de 2019

Aplicativo de relacionamentos alcançou a marca de 260,7 milhões nestes primeiros três meses do ano

Segundo um novo relatório da empresa de pesquisa Sensor Tower, o Tinder superou a Netflix em termos rentáveis no primeiro trimestre de 2019

Nos cálculos da Sensor com a parceira App Annie, a Netflix nestes primeiros três meses do ano conseguiu arrecadar cerca de 216,3 milhões de dólares – o que representa uma queda de 15% na renda em relação ao último relatório – enquanto o aplicativo de relacionamentos alcançou a marca de 260,7 milhões com uma impressionante taxa de crescimento de 42%. Fecham o top 5 a Tencent Video, o iQIYI e o YouTube, formando um topo consolidado por empresas de streaming, música e vídeo.

A queda da gigante do streaming já era esperada dado o histórico recente com a Apple, que entre outras coisas fez com que a Netflix descontinuasse a função que permitia aos usuários de produtos da firma de tecnologia acessar o catálogo com sua conta iOS – uma obstrução também empregada para o Android que força as pessoas a ter que fazer o login pelo site antes de usar o app. A medida fez com que a Apple perdesse alguns milhões, claro, mas também atingiu a própria Netflix, que segundo a Sensor Tower perdeu em torno de 256 milhões de dólares de renda vinda da plataforma da agora rival.