Tech Report 2020 aponta Santa Catarina como o estado que mais cresceu em número de empresas de tecnologia

12 de Agosto de 2020

Relatório é da ACATE em parceria com a Neoway

O Observatório da Associação Catarinense de Tecnologia (ACATE) e a Neoway, lançaram na última terça-feira (11) o Tech Report 2020, panorama do setor de tecnologia catarinense. O estudo aponta que o estado tem o maior crescimento do Brasil (11,8%) de empresas atuando na área, entre 2015 e 2019.

“Os dados demonstram o crescimento sustentável do setor ao longo dos anos. Tivemos melhorias em todos os indicadores analisados e os resultados são muito expressivos. Ao fazer uma análise sistêmica como essa, na qual também se mede produtividade e especialização do setor, vemos um crescimento sadio, com os programas da ACATE apoiando as empresas independentemente da fase em que elas estejam. Isso se reflete na consolidação do nosso estado como o mais especializado, com mão de obra de qualidade e um grande número de empresas nascendo”, destaca o presidente da ACATE, Iomani Engelmann.

Outro destaque é o reconhecimento como o estado mais especializado do Brasil pelo segundo ano consecutivo, com mais da metade das ocupações In Core, ou seja, profissionais atuando diretamente em empresas especializadas em tecnologia. No cenário atual, em que a transformação digital se tornou fundamental para o desenvolvimento da economia, a crescente especialização dos profissionais e empresas é benéfica para todo o ecossistema de inovação.

 

Polos regionais também crescem

Todas as mesorregiões do estado de Santa Catarina são polos de tecnologia. A Grande Florianópolis segue sendo a mais representativa, com 32,5% do total de empresas. Vale do Itajaí (27,4%), Norte (18,7%) e Oeste Catarinense (10,6%) aparecem na sequência. Em menor proporção, as regiões Sul e Serrana somam 1.309 (10,8%) empresas no setor. Entre 2015 e 2019, o Oeste foi o que mais cresceu (27,7%). Já no último biênio, ganha destaque o crescimento das regiões Serrana (12,5%) e Sul (12,3%).

Nacionalmente, três cidades catarinenses se destacam: Florianópolis, além de possuir a maior taxa de empresas de tecnologia por habitante do país (5 empresas para cada 1 mil habitantes), superando o município de São Paulo, é a 16ª cidade com maior volume de empresas. Blumenau ocupa a 5ª posição (3,5 empresas por 1 mil habitantes) e Joinville, a 10ª posição (2,4 por 1 mil).

"Ficamos muito orgulhosos em fazer parte e poder fomentar esse ecossistema de inovação que vem ganhando cada vez mais destaque em âmbito nacional” comenta o CEO da Neoway, Carlos Eduardo Monguilhott.

O relatório completo pode ser acessado aqui.

 

Notícias Relacionadas