Sistema de inteligência artificial foi o primeiro a identificar o Coronavírus

04 de Fevereiro de 2020

Alerta foi emitido antes mesmo dos primeiros casos serem divulgados pelo governo chinês

Foto:Divulgação

Um sistema de inteligência artificial foi o primeiro que alertou sobre o coronavírus em Wuhan, na China.  De acordo com a revista Wired, o alerta foi emitido antes mesmo dos primeiros casos serem divulgados pelo governo chinês. O algoritmo ainda previu corretamente que o vírus se espalharia da região chinesa para Bangkok, Seul, Taipei e Tóquio nos dias posteriores ao seu aparecimento.

O algoritmo desenvolvido pela startup canadense especializada em monitorar a propagação de doenças infecciosas BlueDot, já havia descoberto o surto por coronavírus e, inclusive, notificado aos seus clientes. Nesse mesmo dia, a Organização Mundial da Saúde (OMS) emitiu o primeiro alerta sobre a doença, depois que autoridades chinesas informaram a existência de 27 casos de pessoas infectadas com o novo vírus.

Como funciona
O sistema da BlueDot trabalha com a estratégia de prever a propagação de vírus através da coleta e análise de informações de notícias publicadas em sites e jornais em mais de 30 idiomas diferentes. Através dessa análise, o algoritmo consegue fazer relatórios para diferentes organizações oficiais, sendo utilizado nos Estados Unidos há alguns anos, por exemplo. As informações são do portal B9.

Notícias Relacionadas