Santa Catarina tem cerca de 100 alunos da rede básica participando do Torneio SESI de Robótica

07 de Julho de 2020

Desafio dessa edição tem foco na prevenção, diagnóstico e combate à pandemia

Cerca de cem estudantes da educação básica das cidades de Blumenau, Brusque, Concórdia, Criciúma, Florianópolis, Itajaí, Joaçaba, Joinville, Lages, Pomerode, Pouso Redondo, Rio do Sul, Seara, Tubarão e Videira, participarão do Torneio SESI de Robótica - Desafio Covid-19.

O programa, realizado de forma virtual, tem como objetivo selecionar projetos que podem ajudar a amenizar os impactos da pandemia. São quatro critérios de avaliação: criatividade e inovação, pesquisa, empreendedorismo e impacto social. Em cada um, o desafio premiará três times que melhor se destacaram, além de oferecer participação no próximo Festival SESI de Robótica, previsto para ocorrer em março de 2021.

No dia 18 de agosto, serão divulgadas as 30 equipes que foram aprovadas para participar da segunda fase. Elas terão até 4 de setembro para submeter mais informações sobre o projeto, demonstrando e detalhando da sugestão proposta. A divulgação do resultado final será feita em 25 de setembro, quando serão conhecidos os times vencedores e os que se destacaram em cada um dos quatro critérios de avaliação. Os prêmios não são cumulativos, ou seja, cada equipe selecionada só poderá ser premiada em uma categoria.

“Envolver jovens estudantes da educação básica em uma questão séria como esta desafia-os a pensar coletivamente em soluções que podem, de fato, beneficiar a sociedade. Estamos enfrentando uma pandemia que tem impactos na saúde, na economia e até mesmo na educação. Por meio do desafio de robótica, eles podem protagonizar ações que amenizem os efeitos dessa crise”, observa o diretor de educação e tecnologia da FIESC, Fabrizio Machado Pereira.

 

Notícias Relacionadas