R$ 20 milhões | Montante dos investimentos da Meta Ventures em startups

05 de Novembro de 2020

Aporte acontece ao longo dos próximos quatro anos

 

A Meta Ventures, desde 2019, já investiu R$ 3 milhões em startups de Big Data, Internet das Coisas e Marketplace e, segundo informa ao mercado, pretende aplicar nos próximos quatro anos algo em torno de R$ 20 milhões em negócios de software como serviço, com modelos de negócios B2B e B2B2C em sinergia com as frentes de atuação da empresa. Para acelerar esta aproximação com empresas nascentes, propõe um desafio inédito para startups em etapas de validação e tração com aportes individuais de até R$ 1,5 milhão. 

Desafio “Bring your SaaS”
As inscrições para o desafio poderão ser realizadas até 30 de novembro - detalhes e regulamento estão disponíveis no site da Meta. www.metaventures.com.br. Os finalistas poderão participar de projetos estratégicos junto a base de clientes da empresa, ter acesso a mentorias, treinamentos e a uma imersão no ecossistema de inovação da região de Toronto, no Canadá, onde a Meta tem uma unidade de negócios, além de participar do evento Collision 2021, em junho do próximo ano. 

Perfil das startups
A prioridade de investimentos será em startups que já estejam operacionais, com seus primeiros clientes e produtos minimamente validados em seus mercados e que queiram ampliar o acesso comercial, melhorar o produto, entre outras frentes.

“Queremos reconhecer as startups de base SaaS e oferecer nossa expertise nesta área de negócios para fazer com que elas alcancem novos patamares. Buscamos parcerias estratégicas que, além de receberem investimento, atuem em sinergia com a Meta para realizar novos negócios, aportem inovação e novas soluções de transformação digital. A expectativa é realizar ao longo de 2021 aportes de seed money (capital semente) em quatro negócios nascentes”, destaca Claudio Carrara, Vice-Presidente e fundador da Meta.

 

Meta
A Meta Ventures, braço de investimentos de uma das maiores companhias de tecnologia do país, tem unidades em seis estados e operações no Canadá e Estados Unidos. Empresa anuncia que  quer ampliar sua participação no ecossistema de inovação aberta no país.

Notícias Relacionadas