No mês da Consciência Negra, Tim lança teclado que substitui palavras e expressões racistas

19 de Novembro de 2020

Iniciativa foi desenvolvida pela HavasPlus

No mês da Consciência Negra, a TIM lança um aplicativo que alerta os usuários sobre o uso de palavras preconceituosas, explica a origem dos termos e propõe substituições. O Teclado Consciente TIM é gratuito, de fácil usabilidade e contribui com a desconstrução do racismo estrutural. 

Para usar o teclado, não precisa ser cliente da operadora: basta baixar o app, que estará disponível gratuitamente em breve para iOS e Android. A ferramenta fica visível no momento em que o usuário digita seus textos em redes sociais ou aplicativos de comunicação, por exemplo, e destaca automaticamente as palavras e expressões consideradas inadequadas. Ao clicar em cima desses termos, o Teclado Consciente TIM explica porque são considerados racistas e oferece opções para a sua substituição — tal como um corretor ortográfico social. 

Campanha

Para que a iniciativa alcance o máximo de pessoas, a TIM lançará uma campanha digital – desenvolvida pela HavasPlus – que divulgará o teclado, principalmente, nas redes sociais.A ação conta com um time de 12 influenciadores negros de diversos segmentos, que vão se unir para produzir conteúdo. São destaques nomes como o humorista Yuri Marçal; a pesquisadora Winnie Bueno; Murilo Araujo, do canal Muro Pequeno; Gleici Damasceno, campeã do BBB18; o fotógrafo Roger Cipó; e a cantora Lellê, dentre outros. IZA, embaixadora da marca, também amplificará a discussão, assim com a influenciadora Camilla de Lucas, do squad da TIM no TikTok. 

Notícias Relacionadas