Japão vai utilizar reconhecimento facial para segurança nos Jogos Olímpicos de 2020

09 de Agosto de 2018

Além da segurança, o sistema irá facilitar o acesso, sem que seja necessária a apresentação de documentos - o que pode reduzir filas.

Foto: Reprodução/B9

O Comitê Organizador de Tóquio, responsável pelos Jogos Olímpicos de 2020, anunciou que irá utilizar registros faciais de todas as pessoas credenciadas para as Olimpíadas. A proposta é utilizar um sistema para o controle da segurança na Vila Olímpica, monitorando atletas, equipes, voluntários e imprensa em 40 locais onde são realizados os jogos.

De acordo com o B9, as informações serão armazenados em uma grande base de dados e utilizados nas checagens dentro dos locais listados. A empresa responsável pelo reconhecimento facial é a NEC Corporation, que não explicou as medidas de segurança que serão tomadas para proteger os dados dessas pessoas.

“Ao introduzir o sistema de reconhecimento facial, nós esperamos alcançar altos níveis de segurança, eficiência e tranquilidade”, disse Tsuyoshi Iwashita, diretor executivo de segurança de Tóquio 2020.

Além da segurança, o sistema irá facilitar o acesso, sem que seja necessária a apresentação de documentos - o que pode reduzir filas.