Ferramenta utiliza inteligência artificial para detectar depressão

13 de Setembro de 2018

A novidade usa a inteligência artificial para identificar padrões sonoros na fala da pessoa que apontam para o quadro clínico

Uma pesquisadora do MIT (Instituto de Tecnologia de Massachusetts) desenvolveu uma ferramenta capaz de detectar se uma pessoa está com depressão. O recurso utiliza inteligência artificial para analisar a fala, identificando padrões sonoros que apontam para o quadro clínico.

De acordo com o B9, o projeto, comandado pela PhD Tuka Alhanai, teve foco na compreensão da linguagem, por isso o sistema de IA foi treinado com 142 conversas gravadas para avaliar se uma pessoa está deprimida e qual a severidade. As determinações são baseadas em gravações de áudio e transcrições escritas da pessoa que fala.

A pesquisadora usou uma rede neural para encontrar características de fala que se relacionam mais de perto com a depressão, mas não estão correlacionados entre si. Depois, outro algoritmo foi empregado para identificar padrões que provavelmente apontam para depressão. Segundo a pesquisadora, o sistema foi mais preciso quando considerou respostas em contextos específicos. 

O resultado foram diagnósticos corretos em 83% dos casos testados.