Facebook trabalha em dispositivo que torna possível "ouvir pela pele"

19 de Outubro de 2018

A tecnologia permite transformar cada fonema emitido pela fala em padrões de vibração

Building. Esse é o nome do grupo secreto de desenvolvimento de dispositivos do Facebook que está construindo um bracelete que tornaria possível transformar os sons das palavras em vibrações compreensíveis. O intuito é permitir a comunicação direta entre cérebro e máquina.Com isso, empresa de Mark Zuckerberg seria a primeira a adotar a tecnologia. Além do bracelete, o Building 8 também desenvolve um sensor cerebral que transformaria os pensamentos em texto.

Como funciona

A tecnologia que dá base ao funcionamento do bracelete consiste em transformar cada fonema emitido pela fala em padrões de vibração igualmente distintos. Assim, ao ouvir palavra “casa”, por exemplo, o bracelete geraria quatro vibrações diferentes, que seriam interpretadas pelo usuário.