Publicidade
Facebook testa rede de apoio a usuários expostos a conteúdos extremistas
05 de Julho de 2021

Facebook testa rede de apoio a usuários expostos a conteúdos extremistas

Publicidade
Twitter Whatsapp Facebook

Como parte do seu trabalho de combater discursos de ódio, o Facebook começou a testar na última quinta-feira (1) nos Estados Unidos a emissão de um alerta com link de apoio a usuários que tinham sido expostos a conteúdos extremistas. 

“Este teste faz parte do nosso trabalho maior para avaliar maneiras de fornecer recursos e suporte a pessoas no Facebook que podem ter se envolvido ou foram expostas a conteúdo extremista, ou podem conhecer alguém que está em risco”, disse Andy Stone, porta-voz do Facebook.A iniciativa faz parte da Redirect Initiative, que busca combater a violência derivada de movimentos semelhantes, e deve contar com apoio de ONGs e especialistas da área.

Nos alertas são exibidas perguntas como: “Você está preocupado que alguém que você conhece está se tornando um extremista?” ou mensagens do tipo “Nós nos preocupamos em prevenir o extremismo no Facebook” e “Outros em sua situação receberam apoio confidencial”, e então o usuário é direcionado a uma página de suporte.

Entre as ferramentas de suporte está a seção “O que posso fazer para prevenir radicalização”, com direcionamento a programas como o Life After Hate da ExitUSA, que ajuda as pessoas a abandonar movimentos violentos de extrema-direita, e dicas de como se relacionar com alguém que busca sair de um grupo de ódio.

Publicidade
Publicidade