Empresas podem usar WhatsApp para registrar o ponto de seus funcionários

13 de Outubro de 2021

O aplicativo de mensagens e outras ferramentas estão sendo usadas para marcar o tempo de trabalho remotamente; confira

Foto de Anton no Pexels

A pandemia fez aumentar o número de pessoas em trabalho remoto. No Brasil, o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) registrou cerca de 7,3 milhões de pessoas em home office. A grande adesão desse modelo fez as empresas adotarem novas formas de registrar o início e o fim da jornada de trabalho dos seus funcionários.

Confira abaixo três formas:

 

1 - Registro de ponto pelo WhatsApp

A Pontomais, empresa de otimização de processos de RH, lançou uma ferramenta que permite a marcação de ponto por meio do WhatsApp.

Depois do colaborador ativar o registro, basta enviar uma mensagem com o texto “bater ponto”. 

“As informações de registro de ponto pelo WhatsApp são enviadas em tempo real para a plataforma Pontomais, dessa forma, a extração das informações de jornada de trabalho funciona da mesma maneira para os outros tipos de registro de ponto pelos relatórios AFD e AFDT”, diz a empresa.

2 - Mywork

Nessa plataforma o colaborador registra o ponto via web de onde ele estiver. Uma foto também deve ser tirada “para ajudar a comprovar que o ponto foi batido no horário certo e pelo próprio funcionário”, diz a empresa. A data, o horário e a localização são captados pelo sistema.

3 - Tangerino

A startup oferece registro de ponto à distância com geolocalização. Para realizar a marcação de ponto, o colaborador deve entrar na plataforma com o pin o QRCode, ativar a geolocalização, mirar a câmera do celular em seu rosto (a marcação é feita por meio de reconhecimento facial) e pronto.

Notícias Relacionadas