Descubra como realmente navegar de forma anônima na internet

14 de Janeiro de 2020

Apesar de existir opção "modo anônimo" em alguns navegadores, esta ferramenta ainda não possibilita anonimato real

Após um ex-funcionário da agência de seguranda dos Estados Unidos denunciar que técnicas de vigilância estavam sendo utilizadas em escala global no ano de 2013, a privacidade digital vem se tornando um assunto cada vez mais recorrente entre as pessoas. Vale destacar que, no Brasil, o respeito à privacidade é um direito garantido por lei.

Navegadores como Google Chrome e Mozilla Firefox contam com a opção "modo anônimo", ferramenta que quando ativada, não salva o histórico de navegação do usuário. Mas, apesar do nome, não é possível garantir uma anonimidade efetiva. Isso porquê a função não possui tecnologia que protege a identidade de quem está navegando, permitindo que provedores tenham, ainda assim, um histórico detalhado de todos os sites que foram visitados.

Algumas maneiras possíveis de fugir da vigilância de empresas e governos é a utilização de serviços de redes privadas, o navegador Tor ou até mesmo proteções físicas.

Para ler a íntegra desta matéria, clique aqui.

Notícias Relacionadas