Coronavírus | Projeto catarinense terá apoio da Vale para testes na população

18 de Maio de 2020

Proposta visa aumentar o alcance de cada amostra e reduzir custos, mantendo a precisão do resultado

Um projeto da Neoprospecta, empresa de biotecnologia de Florianópolis, está entre as propostas de enfrentamento da Covid-19 selecionadas para receber auxílio da mineradora Vale.

A solução é semelhante ao tradicional teste de RT-PCR em tempo real usado para detectar a presença do coronavírus no corpo, porém permite testar até 16 pessoas simultaneamente. Dessa forma, aumenta o alcance da amostra, reduz custos e mantém a precisão do resultado. A ideia já está em desenvolvimento no Estado e tem o apoio de entidades empresariais catarinenses - como Certi e Fiesc.

Os testes em parceria com a Vale ficarão a cargo da BiomeHub, spinoff da Neoprospecta na área da saúde, e vai permitir que a empresa aumente sua capacidade de testagem de 40 mil para 54 mil pessoas por dia. Além disso, cerca de 1,5 mil testes (equivalente a 24 mil pessoas testadas) serão doados para o setor público nos estados de Santa Catarina e do Ceará.

A seleção da Vale de apoio a projetos ao combate do coronavírus contou com participação do Hospital Israelita Albert Einstein e a Rede Mater Dei de Saúde e tem investimento estimado em até US$ 1 milhão, selecionando nove iniciativas brasileiras e duas do Canadá.

Notícias Relacionadas