Publicidade
Comunidade tech lança plataforma para desenvolver profissionais do setor
10 de Abril de 2024

Comunidade tech lança plataforma para desenvolver profissionais do setor

A Iniciativa foi criada pela comunidade tech Orange Juice, em parceria com a FCamara

Publicidade

Para facilitar o acesso a recursos, treinamentos e oportunidades de crescimento na carreira de tecnologia, a Orange Juice lança a plataforma da Orange Juice.

A iniciativa, que teve investimento de R$ 5 milhões, visa engajar a comunidade e centralizar as orientações a quem deseja começar ou seguir na área, promovendo uma experiência unificada aos usuários. Tudo isso enquanto dissemina os valores da Orange Juice, que assim como a FCamara tem como premissa desenvolver e capacitar profissionais de forma constante, contribuindo com o sucesso individual e coletivo.

Publicidade

“A plataforma oferece várias funcionalidades essenciais para o desenvolvimento dos profissionais de tecnologia, incluindo uma matriz de competência para avaliação de habilidades, trilhas de estudo para orientação educacional e conteúdos direcionados para a área de tecnologia. Além disso, a plataforma também auxilia a criação de Planos de Desenvolvimento Individual (PDI), dando suporte para a preparação e o crescimento no mercado de trabalho”, conta Joel Backschat, CIO da FCamara e fundador da Orange Juice.

A iniciativa de criar a plataforma surgiu a partir de uma demanda específica dentro da própria FCamara. A ideia inicial era estabelecer um canal mais eficiente para engajar e acompanhar de perto a carreira dos #SanguesLaranja, como são chamados os profissionais da FCamara, ecossistema de tecnologia e inovação que potencializa o futuro dos negócios, do qual a Orange Juice faz parte. No entanto, notou-se interesse por parte da comunidade externa, o que motivou a abertura para usuários de fora da companhia.

Entre as principais funções da plataforma estão as trilhas de estudos, desenvolvidas com apoio do time de engenharia da FCamara. Os conteúdos gratuitos da Orange Juice e parceiros são disponibilizados para ajudar as pessoas que querem entrar na área de tecnologia e não sabem por onde começar. São trilhas variadas que vão de Desenvolvimento Full Stack, Inteligência Artificial, UX/UI Design, Quality Assurance e Essencial (focada em soft skills).

Já o Plano de desenvolvimento (PDI) é onde o usuário poderá preencher sua matriz de competência, especificando suas habilidades técnicas; enviar o currículo comportamental, em que entenderá muito mais sobre seu perfil; e criar metas e objetivos que deseja alcançar.

Acessibilidade 

Além de todas as funções destacadas, a plataforma também é inclusiva. Ao acessar seu perfil, o usuário poderá compartilhar informações sobre possíveis deficiências, incluindo se é uma pessoa neurotípica. Essa abordagem permitirá um atendimento personalizado para atender às necessidades específicas de cada profissional, além de planos para o desenvolvimento contínuo de mais funcionalidades que visam compreender e atender ainda melhor as diversas necessidades do público.

“Quando pensamos em desenvolver a plataforma, queríamos que ela fizesse uma conexão com todos os públicos e a acessibilidade era algo que não abríamos mão. Nos orgulhamos muito de termos um time diverso e essa adequação nos permite atingir ainda mais pessoas interessadas em fazer parte da nossa comunidade”, conta Backschat.

Integração com processos seletivos do Programa de Formação

Os profissionais que acessarem a plataforma Orange Juice também terão à disposição todas as todas as informações sobre os processos seletivos do Programa de Formação, iniciativa da Orange Juice, em parceria com a FCamara, que visa capacitar pessoas de todo o Brasil que buscam ingressar no mercado de tecnologia. Por meio da plataforma, o usuário poderá participar de processos seletivos e desafios, como hackathons, além de acompanhar todas as etapas desde a sua inscrição, histórico das fases e status de aprovação.

“A expansão para toda a comunidade tech e a integração com os processos seletivos do Programa de Formação foram estratégias essenciais para proporcionar uma experiência mais abrangente àqueles interessados em seguir uma carreira nessa área. Agora, a plataforma não apenas oferece um espaço de engajamento, mas também cria um histórico do usuário desde o início”, destaca o CIO.

O projeto foi iniciado por Joel Backschat e Carla Mendanha, Lead Product Designer na FCamara, mas, atualmente, envolve um time de desenvolvimento composto por outros profissionais como especialistas em back-end, front-end, UX Designer QA e PO.

“Ao longo do desenvolvimento da plataforma Orange Juice, tivemos a participação de diversos membros, principalmente de pessoas formadas pelo Programa de Formação, atingindo hoje os níveis pleno e sênior em suas carreiras. O projeto não apenas resultou em uma aplicação eficaz, mas também serviu como uma valiosa escola para muitos, proporcionando uma introdução ao mercado e oportunidades de aprendizado significativas”, conta Backschat.

A plataforma disponibilizará ainda vagas de emprego exclusivas para os membros da comunidade Orange Juice. Além disso, o cadastro completo e a utilização de funcionalidades, como a matriz de competências, servirão como um banco de dados para os recrutadores, permitindo que entrem em contato com usuários que apresentem as habilidades desejadas para eventuais oportunidades.

“Queremos ser reconhecidos pelo nosso know how em engajar, capacitar e gerar conhecimento para pessoas interessadas no mercado tech, um dos setores com maior potencial de crescimento e oportunidades no mundo. Sabemos que esse tipo de iniciativa gera um impacto positivo e transforma a vida de muitas pessoas, e esse é o nosso objetivo. Diante disso, vamos continuar com foco na expansão desse conhecimento para que no futuro, possamos ampliar a nossa relevância de forma globalizada, agregando mais representatividade e novas culturas ao nosso time”, finaliza Backschat.

Imagem: Pexels

 

Publicidade
Publicidade