Publicidade
Como a sua marca pode ter uma Páscoa recheada?
26 de Março de 2024

Como a sua marca pode ter uma Páscoa recheada?

Ovo ou caixa de chocolate?

Publicidade
Twitter Whatsapp Facebook

Todo ano é a mesma história: o Carnaval mal passou e os varais de ovos de chocolate cobrem os corredores de qualquer supermercado em que você entrar. Nas buscas do Google não é diferente.

Em 2024, o primeiro pico de buscas por “Páscoa” aconteceu logo na Quarta-feira de Cinzas.¹ No YouTube, os criadores também não perderam tempo, e o canal Vale a Pena? (574 mil inscritos) alcançou 150 mil visualizações em 11 dias experimentando lançamentos de ovos de Páscoa 2024.

Publicidade

Uma das primeiras datas do calendário de sazonalidades do varejo, o evento serve como termômetro do comportamento do consumidor. E uma coisa é certa: os brasileiros estão otimistas em relação a 2024, e 75% acreditam que será um ano melhor que o anterior.²

O otimismo também contagia os supermercadistas. Para 60% deles, o consumo de itens típicos deve se manter no patamar do ano passado, enquanto 25% apostam em um aumento de consumo, superando o desempenho de 2023.³ O entusiasmo vai ao encontro da pesquisa realizada pelo Google, que aponta que o canal de compra físico é o preferido para a data – atendendo também à urgência dos consumidores, afinal, 37% ainda não sabem se irão celebrar a Páscoa.⁴

Este ano, a Páscoa chega mais cedo, no dia 31/3, exigindo que as marcas e os profissionais de marketing antecipassem suas estratégias. Entre o público que vai comprar chocolates, cerca de quatro em cada dez já sabe o que quer e está só esperando pelas ofertas.⁵ O que significa que mais da metade ainda está com suas escolhas em aberto. Na reta final para a data, aproveite esses insights para conquistar os indecisos ou quem deixou as compras para a última hora.

Ovo de Páscoa x Barra de chocolate

Tem sempre alguém que levanta a discussão sobre ovo ou barra de chocolate: qual vale mais a pena? A verdade é que, apesar da busca por custo/benefício, os tradicionais ovos de chocolate são o formato preferido: 44% dos entrevistados pretendem comprá-los nesta Páscoa, em comparação aos 19% que vão escolher tabletes ou barras de chocolate.⁶

Ovos (44%) e caixas de chocolate (22%) continuam sendo os carros-chefes do evento.⁷ Mas a pesquisa também indica que parte do público está em busca de opções mais elaboradas – uma oportunidade para os varejistas elevarem o ticket médio com vendas de maior valor. É o caso de cestas e kits presenteáveis e de ovos artesanais ou gourmet, que correspondem a 10% e 18% das intenções de compra, respectivamente.8

Mas, para muita gente, o momento continua economicamente desafiador, por isso a escolha por diminuir gastos em datas especiais. Não à toa, a tendência de buscas aponta para uma Páscoa mais simples em 2024, reforçando a importância das marcas oferecerem opções para todos os bolsos, assim como descontos, cashback e opções de parcelamento.

Uma Páscoa mais variada, do chocolate à mesa

A diversidade de produtos de chocolate na Páscoa deste ano não fica restrita somente a barras, ovos e bombons. O consumidor pede também por cada vez mais tipos diferentes de chocolate.

Desde 2021, o interesse de busca pelo termo “ovo de Páscoa vegano” alcançou um volume considerável.9 Os consumidores também estão interessados por opções de chocolate sem lactose. As buscas relacionadas à “lactose” apontaram crescimento de 400% pelos termos “ovo de páscoa zero lactose” e “ovo de páscoa sem lactose” no mês de fevereiro.10

Os dados do Google Trends refletem a relação da população brasileira com os alimentos: 25% das pessoas possuem alguma restrição, alergia ou seguem alguma dieta específica, segundo estudo da OpinionBox.11 Nesse contexto, saem na frente as marcas que oferecem variedade, que incluem opções veganas, sem lactose, proteicas e com menos açúcar, por exemplo.

Além do chocolate, a Páscoa também será à mesa. Tanto que 49% das pessoas que vão celebrar a data planejam um almoço ou jantar em casa no domingo e 29% na Sexta-feira Santa.12 Com mais pessoas abrindo as portas do lar e indo para a cozinha, a demanda por diferentes produtos na cesta de compras está em alta.

Entre os itens que não podem faltar na Páscoa, bacalhau e outros tipos de peixes ou carnes, sobremesas, massas, vinhos e bebidas alcoólicas têm uma intenção de compra maior do que em 2022 e 2023. O único item com retração, mas ainda no topo da lista, foi o chocolate, que caiu de 63% nos dois anos anteriores para 47% em 2024.13

Este ano, o interesse pela data já está 16% maior que em 2023.14 Para aproveitar as oportunidades, marcas e varejistas podem apostar em variedade de produtos, preços e condições de compra. E também certificar-se de que nesta temporada você esteja bem preparado de acordo com esses cinco temas essenciais para a sua estratégia de marketing para garantir não só uma Páscoa – mas um 2024 – bem recheados.

Oriundo Think With Google

Foto:Unsplash

Publicidade
Publicidade