Com ajuda de realidade virtual, mãe "reencontra" filha morta há 4 anos

24 de Fevereiro de 2020

Experimento faz parte de um documentário exibido pelo canal sul-coreano MBCLife

Foto: reprodução widelg

 

A tecnologia está cada vez mais presente em diversos meios. Diariamente lemos notícias que informam a presença de robôs trabalhando em diferentes situações. Quando se trata de Inteligência Artificial, sabemos que ela veio pra ficar.

E foi por meio dessa ferramenta que uma mãe pôde interagir novamente com sua filha de sete anos, que morreu em 2016 de uma doença incurável. O experimento foi transmitido pelo canal de telvisão sul-coreano MBCLife, no último dia 6, como parte de um documentário.

De acordo com o site PC Gamer, a equipe responsável pelo documentário demorou oito meses para criar todo o cenário do momento e também para recriar a menina.

Durante os 10 minutos de vídeo, Jang Ji-sung encontra a Nayeon em um campo aberto, e consegue brincar e até fazer um picnic com a versão renderizada por computadores da filha.

Confira: