Cenários para 2020 | Gérson Schmitt, Founder e Head of SRM Business Unit na Paradigma BS

20 de Dezembro de 2019

Uma empresa com duas décadas de experiência no atendimento de grandes projetos, com uma história de pioneirismo e inovação que alcança a maioridade plena, pronta para decolar e conquistar novos desafios.

 

Mais de um trilhão de reais negociados em contratos de energia elétrica desde o apagão de 2001. Bilhões de reais em títulos da dívida pública são movimentados pelos cidadãos brasileiros e o mercado de investimento através do Tesouro Direto. A Bolsa Brasileira de Commodities - BBM consolidou dezenas de bolsas regionais de mercadorias num único ambiente eletrônico para negociações nos mercados spot e de derivativos. A BEC – Bolsa Eletrônica de Mercadorias de São Paulo e o portal de compras eletrônicas de Florianópolis realizam compras públicas mesmo antes da respectiva legislação para a qual serviu de referência. 

 

O que esses marcos de pioneirismo e inovação na aplicação de tecnologias na história da internet brasileira aplicada aos negócios têm em comum? A Paradigma Business Solutions, que surgiu no final de 1998, na aurora da expansão da internet como canal de comunicação e negócios para empresas e governo. Todos esses projetos geraram uma empresa reconhecida por inúmeras premiações nacionais e internacionais como inovadora e especialista em soluções para gestão de negociações e relacionamentos eletrônicos através da internet.

 

Ao longo dessa trajetória a Paradigma acabou evoluindo a partir da sua tecnologia original chamada WBC – Web Business Center, criando três plataformas especializadas em negociação e gestão de contratos e processos de relacionamento entre compradores e fornecedores em três setores de mercado que atua: energia (ETRM – Energy Trade & Risk Management), governo (portais de compras públicas) e empresas privadas (SRM – Supplier Relationship Management, Procurement & Sourcing). 

 

Somos referência em tecnologia nesses três segmentos, tanto pelo elevado volume financeiro que suas plataformas já movimentaram, equivalente a mais de R$ 1,5 trilhão em duas décadas, quanto pela liderança na quantidade de projetos personalizados, complexos ou de grande porte implantados em instâncias exclusivas. Centenas de empresas referenciais em seus segmentos optaram por serem atendidas pela tecnologia e experiência da Paradigma, como por exemplo: ENEL, CCEE e CELESC no segmento de energia; governos dos estados como PERNAMBUCO E SANTA CATARINA, unidades do SISTEMA FEDERATIVO DA INDÚSTRIA E DO COMÉRCIO  em estados como RS, SC, PR, SP, RJ MS e BA ou municípios como SÃO BERNARDO DO CAMPO, PIRACICABA e FLORIANÓPOLIS no segmento de compras públicas; e grupos empresariais como BOTICÁRIO (PR), TIGRE (SC), ALPARGATAS (SP), ANIMA EDUCAÇÃO (MG) e VIPAL (RS), entre outras empresas privadas que escolheram à plataforma Paradigma SRM360 para negociarem e se relacionarem com suas cadeias de fornecedores. A empresa também atende alguns projetos no exterior, onde pretende ampliar sua atuação de forma sistemática a partir de 2021.

 

Pela especialização e capacidade de inovação, a Paradigma vem atendendo mais de 20 novas empresas hubs por ano, que se relacionam com grandes cadeias de fornecedores ou parceiros de negócio, o que vem acelerando seu crescimento mesmo em períodos de turbulência macroeconômica. Nos últimos três anos, entre 2017 e 2019, a Paradigma irá praticamente dobrar seu tamanho, saindo de um faturamento da ordem R$ 12 milhões em 2016 para superar em 2019 a receita bruta de R$ 23 milhões. A Paradigma conseguiu avançar bem nas suas três unidades de negócio, mantendo equilíbrio e segurança no seu crescimento, que está apoiado em mais de 50% de receitas recorrentes.

 

Empresa nascida e criada a partir do ambiente inspirador do ecossistema de inovação de Florianópolis e de Santa Catarina coordenado pela ACATE – Associação Catarinense de Tecnologia, a Paradigma passou a acelerar seu crescimento com investimentos contínuos em pesquisa, desenvolvimento e inovação (PD&I), parte deles financiados com linhas setoriais captadas junto ao BRDE, BNDES e FINEP. Esse esforço vem resultando em plataformas tecnológicas com ciclos sistemáticos de evolução e o lançamento de soluções e serviços inovadores que vem atraindo e retendo clientes e usuários. Como parte deste processo, a Paradigma já conseguiu formar uma comunidade de mais de 400 mil empresas que está sendo organizada para atendimento de serviços de alta escala que deverá gerar uma nova unidade de negócio com crescimento exponencial a partir de 2021. 

 

Contando apenas com crescimento orgânico decorrente da atual estratégia de gestão e posicionamento de mercado, a empresa projeta que em mais três anos, deverá chegar a R$ 50 milhões de faturamento, com mais de 60% de receitas recorrentes e boa margem operacional, para poder financiar o seu planejamento de PD&I. 

 

Para acelerarmos ainda mais a expansão da Paradigma, a empresa retomará em 2020 a aproximação com investidores e parceiros estratégicos que possam ampliar os esforços de investimento em tecnologia e ampliação de ofertas e canais de venda para poder se apropriar mais rapidamente das oportunidades de mercado e aumentar a velocidade de crescimento do negócio.

 

Nos últimos anos nós recompramos 77% da participação de nosso “investidor anjo” e concluímos ano passado a recompra da participação do fundo de investimento parceiro do projeto Clicbusiness, que abriga uma grande comunidade de fornecedores que deverá uma relevante receita recorrente nos próximos anos. Todos esses movimentos societários e de aquisição foram realizados com recursos próprios da companhia. Concluída essa etapa, passamos a contar com nova estrutura de capital que teve ingresso dos nossos três principais executivos no quadro societário e o retorno de um dos investidores iniciais. 

 

Preparamos a Paradigma para ser um empreendimento de crescimento contínuo e seguro, baseado em receitas recorrentes e boa capacidade de geração e caixa a partir de soluções e serviços diferenciados e inovadores, abrigados numa empresa com gestão qualificada e estrutura de capital equilibrada, com boas perspectivas de expansão para os próximos anos.

 

Notícias Relacionadas