Bot reúne informações culturais de Florianópolis no WhatsApp

22 de Março de 2021

Em bom manezês, “estimada” é uma forma de se referir a uma pessoa querida, prestativa. Não por acaso, Estimada foi o nome escolhido para batizar o Bot Cultural de Floripa, projeto cultural inovador e pioneiro que depois do pré-lançamento, em janeiro, está sendo lançado oficialmente agora em março, mês do aniversário de Florianópolis.

A partir da tecnologia dos chatbots, muito usada em serviços de atendimento aos clientes, a Estimada reúne uma base de informações e curiosidades sobre cultura, tradições, lugares, passeios, gastronomia, fatos e personagens históricos da nossa cidade. O acesso é feito de forma simples e intuitiva pelo WhatsApp, numa conversa organizada em seções e com o auxílio de menus interativos.
Ou seja, o Bot funciona, ao mesmo tempo, como uma enciclopédia, destacando fatos e nomes da cultura e da vida de Florianópolis, e como guia, apontando dicas de passeios e de gastronomia, por exemplo.

São mais de 400 verbetes nesta primeira etapa do projeto, tudo no WhatsApp com fácil acesso pelo link www.bot.floripa.com. “As primeiras reações que recebemos foram muito positivas e revelam que existe uma demanda por espaços que destaquem a cultura de Floripa”, diz o publicitário e dublê de produtor cultural Rafael Bittencourt, criador da Estimada.

Inspiração em Franklin Cascaes

A ideia da Estimada surgiu em 2018, dentro do LinkLab da ACATE (Associação Catarinense de Tecnologia), como resultado do cruzamento entre o estudo da tecnologia dos chatbots e o interesse pelas coisas de Florianópolis.
"Trabalhando junto com apaixonados pela cidade em um projeto de inovação em linguagem de bots, sugeri: ‘Já pensou que legal um Bot que em vez de fazer vendas ou cobrança soubesse oferecer informações sobre a Cultura da Ilha? Onde as pessoas pudessem ter acesso fácil a histórias, informações e conteúdos que normalmente são difíceis de encontrar?’”, conta Rafael. “Depois daquela ideia inicial pensávamos nisso todo dia”, diz.
Em 2019, o projeto foi aprovado para captação de patrocínio junto à iniciativa privada através da Lei Municipal de Incentivo à Cultura de Floripa, via Fundação Cultural de Florianópolis Franklin Cascaes. O desenvolvimento ocorreu ao longo do ano de 2020.
Rafael conta que a concepção do Bot Cultural de Floripa teve forte influência do trabalho do pesquisador Franklin Cascaes na preservação e formação da identidade cultural da cidade.
“Sempre fui um grande admirador do professor Cascaes, que a partir dos anos 70 empenhou sua vida no registro, no estudo e no recolhimento da cultura de tradição oral que definia a identidade da nossa Ilha”.
Nesse contexto, Estimada nasceu com o objetivo de atender moradores e visitantes de Floripa e ajudar a manter vivas e acessíveis inúmeras informações relevantes sobre a cultura da cidade. “Esse foi o ponto de partida, com a Estimada sendo parte de uma visão maior de inovação e criação de soluções que usem a tecnologia para qualificar a promoção dos destinos culturais e o acesso aos bens culturais”, diz Bittencourt.

Tecnologia e conteúdo
Para a criação e o desenvolvimento da Estimada, a execução do projeto reuniu uma equipe com mais de 30 profissionais. “O trabalho envolveu duas frentes: uma de tecnologia e outra de pesquisa e conteúdo, trabalhando simultaneamente e em sinergia”, destaca Rafael, o “pai” da Estimada.
A parte técnica do Bot contou com um time de desenvolvedores e especialistas em inovação do ecossistema catarinense de tecnologia. A parte de pesquisa e produção de
conteúdo, coordenada pelo editor e gestor de produtos digitais Alexandre Gonçalves, reuniu um time de jornalistas reconhecidos por relevantes serviços prestados ao jornalismo cultural da cidade: Dariene Pasternak, Marcos Espíndola, Daniel Silva e Ulysses Dutra. O jornalista Rodrigo Stüpp, conhecido e premiado pelo seu trabalho como "Guia Manezinho", também colaborou nas etapas de pesquisa e produção de verbetes.

 

Como acessar o Bot Cultural de Floripa
Para conversar com a Estimada – Bot Cultural de Floripa, é só “chamar no Whats” com acesso fácil pelo endereço bot.floripa.com. Ao clicar será aberta a caixa para envio de uma mensagem para iniciar a conversa com o bot.

Depois é só interagir com o menu, escolhendo pelo número as seções e os verbetes que deseja acessar. O contato da Estimada pode ser salvo e repassado normalmente, como um contato comum de WhatsApp.

E para acompanhar as atualizações e participar com sugestões de verbetes, tirar dúvidas sobre acesso ou compartilhar com a Estimada fotos e lembranças sobre Floripa siga @estimada.floripa no Instagram.

homem calvo, barba grisalha curta, de braços cruzados. na camiseta a apalavra ESTIMADA

Notícias Relacionadas