Acima da Apple, Xiaomi é a segunda maior vendedora de celulares do mundo

19 de Julho de 2021

Dados são de uma pesquisa feita por Canalys

Mi Store no shopping Finestrelles

Segundo uma pesquisa feita pelo Canalys - líder global em análise do mercado de tecnologia com foco de canal distinto - a Xiaomi foi uma das maiores vendedoras de smartphones do mundo no último bimestre, representando 17% do mercado. O feito fez a fabricante chinesa ficar acima da Apple, com 14% no período, e atrás apenas da Samsung - com 19%.

O top 5, que traz ainda Oppo e Vivo com 10% do mercado cada, mostra que o último ano registrou notável crescimento nas vendas à distância devido à pandemia. Mas os olhares voltam novamente à Xiaomi, que vendeu 83% mais aparelhos, seguida da Oppo (28%), Vivo (27%) e Samsung (15%). A Apple, principal referência no segmento, obteve crescimento de 1%.

Embora mostre surpreendentes resultados, de acordo com o gerente de pesquisa da Canalys, Ben Stanton, a Xiaomi ainda é em grande parte inclinada para o mercado de massa - com preço médio de venda cerca de 40% e 75% mais barato que Samsung e Apple, respectivamente. "Portanto, uma grande prioridade para a Xiaomi este ano é aumentar as vendas de seus dispositivos high-end, como o Mi 11 Ultra. Mas será uma batalha difícil, com a Oppo e a Vivo compartilhando o mesmo objetivo, e ambas dispostas a gastar muito em marketing acima da linha para construir suas marcas de uma maneira que a Xiaomi não é", comenta.

 

Notícias Relacionadas