Vídeo impactante sobre acidentes é lançado em uma parceria do Grupo ND com a Fiesc

15 de Outubro de 2021

Ação objetiva sensibilizar condutores sobre acidentes causados por embriaguez e uso de aparelhos eletrônicos por motoristas

Com o objetivo de sensibilizar os condutores que trafegam pelas rodovias de Santa Catarina, o Grupo ND começou a publicar em seus veículos de comunicação um vídeo com imagens impactantes de acidentes causados por embriaguez e uso de aparelhos eletrônicos por motoristas. A iniciativa faz parte da mobilização para alertar sobre a necessidade permanente da boa conduta dos cidadãos no trânsito, que é um dos objetivos do movimento BR-101, SC Não Pode Parar. Lançada há cerca de 3 meses, e com previsão de doze meses de duração, a campanha da Federação das Indústrias de Santa Catarina (Fiesc) e do Grupo ND, busca soluções para os maiores gargalos da estrada. 

Uma série de ações para mobilizar a sociedade catarinense, as lideranças empresariais, políticas e o setor público estão sendo desenvolvidas com o objetivo de viabilizar projetos e garantir recursos para resolver os problemas da BR-101. A rodovia é a mais movimentada de Santa Catarina e por ela passa boa parte da produção do estado em direção aos portos. 

Com o mote “Essa é uma luta de todos nós”, uma das intenções do movimento é despertar a consciência dos condutores para que trafeguem de acordo com os limites de velocidade da via, não dirijam sob efeito de bebida alcoólica e mantenham em dia a revisão dos seus veículos, entre outras atitudes preventivas para evitar acidentes. O alto número de colisões na BR-101, além das perdas humanas, que são incalculáveis, gera um custo elevado à economia e deixa o trânsito ainda mais lento. 

A campanha BR-101 - SC Não Pode Parar, além de buscar soluções para a trafegabilidade tem o intuito de humanizar o trânsito e o objetivo de garantir melhorias nas estradas federais no estado e consequentemente reduzir mortes por acidentes. A iniciativa está discutindo as condições da rodovia e buscando soluções para resolver os problemas nos pontos mais críticos

Assista ao vídeo da ação:

 

Notícias Relacionadas