Técnico Tite incentiva a doação de sangue em campanha para a Unimed Nordeste-RS

12 de Junho de 2020

Criação é da agência Batuca

Para marcar o Dia do Doador de Sangue, comemorado no dia 14 de junho, a Unimed Nordeste-RS apresenta sua nova campanha estrelada pelo técnico da Seleção Brasileira de futebol Tite. Intitulada “Entre em Campo Pela Vida: Doe Sangue”, a ação criada pela Batuca convida a população a doar sangue, principalmente durante o inverno, período do ano em que a demanda cai consideravelmente.

“Tite é de Caxias do Sul, começou a carreira na Serra e a gente quer uma campanha que realmente incentive as pessoas a entrarem em campo pela vida e vestir a camisa da doação. Além de ter muita relevância local, ele é respeitado nacionalmente. Ele se motivou por ser uma causa solidária”, explica a sócia e diretora de atendimento da Batuca, Helena Ben.

Além da veiculação do filme nas redes sociais, serão feitos posts e stories sobre como doar sangue, os tipos de sangue e as possibilidades de doação, além de postagens de incentivo à doação durante todo o ano, entre outros materiais. A comunicação também conta com cartazes para os ambientes da Unimed Nordeste-RS, peças no impresso e envio de e-mails de conscientização para clientes e colaboradores.

Um filtro especial para stories de Instagram também será colocado no ar no Dia do Doador de Sangue. “É um filtro especial para as pessoas postarem ‘convocando’ os amigos para doar sangue também. Para incentivar uma corrente do bem”, comenta a executiva.

 

Confira a lista de critérios para realizar a doação:

- Quando for realizar a doação, siga rigorosamente as recomendações de prevenção do local de doação escolhido e do Ministério da Saúde.

- Antes de se deslocar, certifique-se dos procedimentos do local de doação escolhido. Ligue com antecedência para confirmar se é preciso agendar um horário e para receber as orientações do serviço.

- O Ministério da Saúde recomenda que doadores que tenham se deslocado ou que sejam procedentes de regiões com casos autóctones de infecções pelo vírus SARS-Cov-2 estão inaptos a doar por 14 dias após o retorno dessas áreas.

- Doadores que tiveram contato, nos últimos 30 dias, com pessoas com diagnóstico clínico e/ou laboratorial de infecções por SARS-CoV-2 estão inaptas a doar pelo período de 14 dias após o último contato com essas pessoas.

- Doadores que tiverem diagnóstico positivo para a Covid-19 estão inaptos à doação por 30 dias após completa recuperação.

 

Assista ao filme da campanha:

Notícias Relacionadas