"Se não tem respeito, não tem negócio" é novo filme do Cenp sobre a autorregulação

23 de Outubro de 2015

Vídeo é lançado em meio à crise com os anunciantes, que pediram ao Cade a suspensão do 'desconto-padrão' das agências

O Conselho Executivo das Normas-Padrão (Cenp) lançou o vídeo "A Publicidade Brasileira e a Autorregulação" sob a assinatura "Se não tem respeito, não tem negócio". O filme é lançado em meio à crise com a Associação Brasileira de Anunciantes (ABA), que enviou carta para o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) pedindo a suspensão das normas-padrão do mercado publicitário, da qual fazem parte o ‘desconto-padrão’, comissão repassada pelos veículos de comunicação às agências pela veiculação de mídia, de no mínimo 20% sobre o valor do negócio (relembre aqui). A carta da ABA entrou para o processo do Cade, que investiga o Cenp por  “supostas condutas anticompetitivas” - o processo existe desde 2005. 

De acordo com o Propmark, o filme traça um breve panorama da evolução da publicidade, dos anos 50 ao advento da autorregulação, em 1998. “Sem a publicidade, não existiria liberdade de expressão. Logo, a própria democracia seria atingida, posto que uma imprensa livre e independente é um dos seus pilares”, diz Oscar Mattos, gestor de Relações Institucionais do Cenp. 

Segundo com o Cenp, o filme faz parte de um conjunto de ações que objetivam a disseminação de conhecimento a respeito do ambiente de autorregulação existente no Brasil.  

O vídeo foi criado pela Zoégas e produzido pela Easy Filmes.

Confira:

 

Notícias Relacionadas