Publicidade
Produtora brasileira vence maior prêmio da publicidade web mundial
24 de Abril de 2024

Produtora brasileira vence maior prêmio da publicidade web mundial

Premiação acontecerá dia 13/5, em Nova Iorque

Publicidade

O filme “Pedro Caldas – De Férias com o Wake”, da produtora brasileira Abdala Brothers, trouxe o prêmio do Webby Awards 2024 para o Brasil.

Na categoria esportes do maior prêmio da publicidade na Internet, apresentado anualmente pela Academia Internacional de Artes e Ciências Digitais (IADAS), os brasileiros desbancaram grandes agências, de gigantes como Nike e Adidas, com uma produção gravada em condições extremas, no Rio Amazonas, na cidade de Afuá, no Pará.

Publicidade

“Não conseguimos expressar em palavras a honra e a felicidade deste momento. Ser premiado no Webby, o maior prêmio da publicidade mundial, com tantos nomes gigantes e que já premiou os maiores do nosso meio, é um orgulho enorme. Ainda mais como foi, criando, escrevendo, produzindo, pós-produzindo… Tudo no Brasil e mostrando o Brasil de verdade. E com um orçamento infinitamente menor. A gente concorreu contra produções Hollywoodianas. É a sensação do dever cumprido, e num projeto tão especial como esse. Precisamos agradecer demais a todo o nosso time, que embarcou conosco e passou dias e noites trabalhando muito para isso hoje acontecer”, disse André Abdala.

2 recordes no Guiness

Diretores reconhecidos no meio por seus filmes dinâmicos e desafiadores, os Abdala Brothers recentemente estiveram à frente de outro projeto icônico da Red Bull, chamado “Skygrind”, com a skatista Letícia Bufoni. Neste filme, eles buscaram inspiração no campeão de bilheteria Missão Impossível 5, famoso pela cena onde Tom Cruise salta de um avião militar fazendo um halo jump – movimento ‘repetido’ por Bufoni, após acertar uma manobra em um corrimão, instalado no avião, e cair em queda livre. A produção foi tão espetacular que acabou levando 2 recordes no Guiness.

Eles também foram os primeiros na América Latina a produzir um comercial em gravidade zero – em voo autorizado pela NASA, para a farmacêutica CIMED, e os primeiros a rodar um comercial em 8k no Brasil. Na ocasião, colocaram um Porsche, de helicóptero, no Pão de Açúcar, no Rio de Janeiro.

“Os dois moleques, que começaram a editar vídeo debaixo da escada de casa, nunca acreditariam que os filmes que eles fizessem iam chegar em uma premiação tão grande quanto essa. É até difícil de acreditar que esse sonho se realizou e que estaremos sentados lá, ao lado dos maiores nomes da nossa indústria, no início do mês que vem”, completou Salomão Abdala.

Sobre o Filme

“A produção foi muito complexa. Desde a ideia inicial, que foi fazer o Pedro Caldas andando de wake pelo Rio da Amazonas puxado por um cabo infinito, sem nunca mostrar como ele estava sendo puxado. Precisamos desenhar literalmente todos os takes, em todos os lugares. Era começa aqui e termina ali. Tivemos que criar ângulos para não entregar o motor que o puxava, com um cabo de 300 metros. Tínhamos que ir avançando de 300 em 300 metros com toda a estrutura. E a gente estava filmando literalmente no meio da floresta e dentro do Rio Amazonas. Então não tinha como montar um tripé, não tinha como montar um setup com a câmera presa. Teve que ser tudo na mão e do jeito mais arriscado possível. Dizemos que foi o nosso set de apocalipse final, porque a gente gravou com os equipamentos mais incríveis que tem de cinema, no meio da mata, no meio do Rio, do jeito que dava, e arriscando tudo para ter os shots mais incríveis. A quantidade de câmera que molhou, drone passando a 30 centímetros da água, espirrando água… Foi uma guerrilha”, revelou Salomão Abdala.

Confira abaixo:

 

Publicidade
Publicidade